Depois do terceiro pênalti perdido, Ibra diz que vai deixar o próximo para Kessié

Atacante perdeu pênalti, mas marcou o gol de empate do Milan contra o Verona aos 48 minutos do segundo tempo

Um dos personagens mais divertidos do mundo do futebol é Zlatan Ibrahimovic, um jogador que brinca com uma falsa arrogância e que gosta de falar frases de efeito. Neste domingo, o seu time, o Milan, teve uma partida de altos e baixos e acabou em um 2 a 2 com o Verona. O atacante viveu um momento ruim ao perder um pênalti durante o jogo, mas foi dele também o gol de empate nos acréscimos que salvou um ponto.

[foo_related_posts]

“Eu estou com raiva, obviamente, porque um empate hoje [domingo] não é bom o suficiente”, disse Ibrahimovic, em entrevista à Sky Sports, dando uma risada. “Nós tivemos tantas chances, eu perdi um pênalti e eu acho que vou deixar o próximo para Kessié. Isso seria melhor”, disse ainda o atacante, tratando com bom humor a situação.

“Nós sofremos dois gols, conseguimos dois gols, nós fomos à frente e a coisa mais importante é que não perdemos a nossa confiança. Considerando o modo como está a tabela agora, nós queremos ganhar todos os jogos”.

O goleiro Marco Silvestri provocou Ibrahimovic antes da cobrança de pênalti dizendo “você não perdeu o último?”. Foi logo antes do atacante do Milan cobrar e perder a cobrança. “Ele não está errado, eu errei o último”, riu Zlatan ao responder sobre o episódio. O pênalti contra o Verona foi o terceiro que ele perdeu na sequência. Antes, tinha perdido também contra a Inter (embora tenha marcado no rebote), contra a Roma, quando acertou o travessão e a bola saiu, e agora contra o Verona.

“Há muitos jogos agora e quando nós nos cansarmos, você nunca fica sempre em 100%. Felizmente, a pausa para a data Fifa está aqui, porque eu preciso de descanso. Eu não tive a precisão e a determinação habitual que tenho em frente ao gol. Eu senti apenas que não estava lá”, continuou o atacante “Nós temos que jogar por objetivos, nós não podemos apenas ir a campo e estarmos feliz por jogar. Ao menos, eu não posso, não é a minha filosofia”.

Durante a semana, Zlatan Ibrahimovic publicou uma foto sua com a camisa da seleção da Suécia, o que levou a boatos que ele poderia voltar a jogar pelo país. Ele, claro, foi perguntado sobre isso. “Não, estava apenas tentando irritar as pessoas na Suécia”, afirmou o jogador, sorrindo.

Aos 39 anos, Ibrahimovic falou sobre a sua vontade em continuar jogando futebol, mesmo já sendo um veterano. “O técnico pode me dizer que eu vou jogar 45 minutos e é isso, eu sou um profissional e digo sim. Eu lembro em Manchester foi muito difícil jogar na quinta e então me recuperar. Depois da lesão que eu tive, que poderia ter acabado tudo ali, eu me senti como uma criança ao ser capaz de voltar a pisar em campo. Eu sinto a alegria de jogar futebol”, contou o camisa 11 do Milan.

“Eu vejo mais times agora que estão lutando por posições mais altas na tabela e não havia times como a Atalanta no passado. Eu joguei em muitos países e eu posso confirmar que a Itália é a mais difícil para os atacantes”, explicou o jogador. “Há muitos times lutando pelo topo, há alguns que não chegaram ao seu máximo ainda. É um calendário lotado, então o time em melhor forma eventualmente irá conquistar o scudetto”.

Ibra foi perguntado sobre nunca ter ganhado uma Bola de Ouro, ou outros prêmios individuais. “Não, troféus são ótimos e tal, mas eu não preciso deles para me sentir forte. Eu estou jogando, tentando fazer o meu melhor para ajudar meus companheiros e é isso”, respondeu. Depois disso, o atacante ainda foi perguntado se seria possível renovar o seu contrato por mais um ano. Ele aproveitou para brincar: “Depois de hoje [domingo], eu não acho que está parecendo bom!”.