A Champions League desta temporada é a primeira com o novo formato, que garante 16 das 32 vagas na fase de grupos a apenas quatro ligas: Espanha, Inglaterra, Itália e Alemanha, as primeiras colocadas no ranking da entidade. O tetracampeão Ajax garantiu vaga fora de casa, contra o Dynamo Kiev, assim como o AEK, que eliminou o Vidi, e o Young Boys, que tirou o Dinamo Zagreb. Com um funil tão estreito, superar tantas fases preliminares, é sem dúvida uma conquista chegar a essa fase da competição.

LEIA TAMBÉM: Paco Alcácer chega como aposta no Borussia Dortmund para ser o camisa 9 tão procurado

O Ajax vinha de três anos consecutivos sendo eliminado nas fases preliminares da Champions League. A última vez que o clube de Amsterdã esteve na fase de grupos foi na temporada 2014/15, quando foi eliminado na chave que tinha Barcelona, Paris Saint-Germain e Apoel. Na temporada seguinte, 2015/16, caiu logo na terceira fase preliminar, contra o Austria Viena. Em 2016/17, superou o PAOK e caiu para o Rostov na fase playoff. Em 2017/18, novamente foi eliminado: caiu para o Nice, da França.

Desta vez, o Ajax superou três adversários para chegar à fase de grupos: Sturm Graz, Standard Liège e o Dynamo Kiev. Diferente das outras vezes, foi uma classificação tranquila. A vitória por 3 a 1 em casa já deixou os holandeses com uma excelente vantagem para jogar em Kiev. E apesar do esforço inicial dos ucranianos, o Ajax dominou a partida, que acabou 0 a 0, e poderia ter vencido e por uma boa margem. No fim, comemoração dos jogadores que tentarão quebrar uma série de fracassos do time na Champions League. E passar da fase de grupos é uma barreira maior ainda: a última vez que chegou às oitavas de final foi em 2005/06, quando caiu para a Internazionale.

Quem também avançou à fase de grupos foi o AEK. O time grego já tinha vencido o Vidi, da Hungria, por 2 a 1 fora de casa. Desta vez, em casa, ficou no empate por 1 a 1 e garantiu a sua vaga. Já o Young Boys, da Suíça, foi além: depois de empatar em casa por 1 a 1, venceu fora de casa o Dinamo Zagreb por 2 a 1 e também garantiu a classificação.

Nesta quarta-feira, mais três jogos definem os últimos classificados à fase de grupos. O PAOK recebe o Benfica depois de empatar em Portugal por 1 a 1. O PSV venceu o Bate por 3 a 2 no jogo de ida, em Belarus, e agora joga por um empate em Eindhoven para avançar. Por fim, o Red Bull Salzburg recebe o Estrela Vermelha depois de empatar por 0 a 0 na Sérvia.


Os comentários estão desativados.