Raríssimos invictos sobrevivem neste início de temporada europeia. Considerando apenas os jogos pelas cinco grandes ligas, Liverpool e Juventus são os únicos sobreviventes. Em um degrau abaixo, o Ajax também sustentava sua invencibilidade no Campeonato Holandês. Mas pode perceber que o verbo está no pretérito: nesta sexta-feira, os Godenzonen perderam seu primeiro compromisso na Eredivisie, após 16 rodadas disputadas. Dentro da Johan Cruyff Arena, sucumbiram diante do Willem II por 2 a 0.

O Willem II é uma das surpresas da temporada holandesa. O clube faz uma campanha que o mantém no páreo pelas copas europeias. Ainda assim, era difícil imaginar que o Ajax pudesse perder em casa. Aconteceu, numa atuação ruim do time de Erik ten Hag, mesmo com seus titulares. Durante o primeiro tempo, os visitantes já abriram o placar, com um gol de pênalti de Mike Trésor aos 42 minutos. A derrota parcial foi suficiente para que os Ajacieden deixassem o campo sob vaias, ante o futebol inócuo que desagradava a torcida.

Na rodada anterior, o Ajax até transformou um 0 a 2 em 5 a 2 contra o Twente. Não teria o mesmo poder de reação desta vez. Pior, ainda tomaria o segundo gol do Willem II em um contra-ataque aos 33 minutos. Damil Dankerlui recebeu na direita e acertou um ótimo chute de canhota para vencer André Onana. Apesar do bombardeio dos Godenzonen depois disso, incluindo uma bola na trave de Donny van de Beek, sequer conseguiriam descontar. Esbarraram também na boa apresentação do goleiro Timon Wellenreuther.

O Ajax não perdia na Eredivisie desde fevereiro de 2019, com 21 vitórias e dois empates desde então. Já na Johan Cruyff Arena, o último revés como mandante havia acontecido em novembro de 2017. O clube sustentava uma invencibilidade de 35 partidas em casa pela liga, com 15 vitórias consecutivas desde fevereiro. Os números enfatizam o quanto o resultado do Willem II é grandioso. O clube de Tilburg, aliás, também havia batido o PSV no início de novembro. Não conseguia superar os dois gigantes na mesma temporada desde 1998/99 – quando foi vice-campeão e descolou até vaga na fase de grupos da Champions.

A derrota, de qualquer maneira, deixa suas lições ao Ajax. Algo importante às vésperas do duelo decisivo pela última rodada da Champions League. Derrotados em casa pelo Chelsea na competição, os Ajacieden precisam ao menos de um empate contra o Valencia em Amsterdã para se garantir nas oitavas de final. A vitória pode valer até a liderança.

Já na Eredivisie, a situação do Ajax é relativamente tranquila. São seis pontos de vantagem na liderança, aguardando o resultado do AZ contra o PEC Zwolle neste sábado. Já o Willem II toma provisoriamente a terceira posição, com 29 pontos, à frente do PSV. O time não disputa as copas europeias desde 2005/06, quando caiu nas preliminares da então denominada Copa da Uefa. O triunfo em Amsterdã motiva a caminhada em busca do torneio continental.

Classificações Sofascore Resultados