Foi uma estreia agridoce para o Lyon no Campeonato Francês. Goleou o Dijon por 4 a 1, com uma grande exibição de Memphis Depay, mas depois ouviu seu principal jogador dizendo que não sabe se terminará a temporada pelo semifinalista da Champions League.

Não é a primeira vez que Depay deixa claro que não ficará para sempre no Lyon. Falou isso com todas as letras inclusive. Há a especulação de que Ronald Koeman quer levá-lo ao Barcelona, e um fator que pesa muito é a ausência de competições europeias nesta temporada.

O Lyon era sétimo colocado quando a Ligue 1 foi cancelada por causa da pandemia. Poderia ter chegado pelo menos à Liga Europa com o título da Copa da Liga, mas perdeu para o Paris Saint-Germain. Vaga na Champions seria um mero bônus caso fosse campeão europeu e até chegou mais longe do que se imaginava, derrotado pelo Bayern de Munique nas semifinais.

“Eu não vejo o futuro”, afirmou, segundo o Goal. “Eu não sei se farei a temporada completa aqui. Estou aqui há quatro anos, virei capitão. Você tem que pensar na sua carreira. Não haverá Champions League. No momento, eu não sei”.

Embora tenha dito que não foi seu melhor jogo, Depay marcou três vezes e fez a jogada do outro gol, contra, depois de Aurelien Scheidler assustar ao abrir o placar para o Dijon com um chute da entrada da área.

Aos 39 minutos, porém, Maxwel Cornet levou uma trombada de Ahmad Touré Ngouyamsa e Depay empatou, de pênalti. Antes do intervalo, o holandês fez linda jogada pela esquerda e cruzou fechado. Wesley Lautoa tentou o corte e mandou contra as próprias redes.

Depay ampliou a vantagem do Lyon, em novo pênalti, e marcou também o quarto, controlando muito bem a bola dentro da área antes de estufar as redes.

.

.

.