O Brasil conseguiu sua segunda vitória nesta data Fifa, em amistosos que a seleção brasileira feminina faz na Europa. Depois de vencer a Inglaterra por 2 a 1 no último sábado, o time comandado pela técnica Pia Sundhage bateu a Polônia por 3 a 1 em Kielce, casa das adversárias. Em uma partida com muitos testes, o Brasil conseguiu a vitória com mais uma vez destaque para Debinha, atacante que decidiu o jogo contra as inglesas.

O jogo contra a Inglaterra, semifinalista nas duas últimas Copas do Mundo, era o mais importante desta data Fifa e, por isso, a treinadora do Brasil escalou o time principal contra as inglesas, no último sábado. Desta vez, contra a Polônia, foram seis alterações na equipe. Entraram no time Daiane, Poliana, Thaisa, Andressa Alves, Victória e Ludmilla.

Em campo, o Brasil sentiu a falta de entrosamento, com um time que não estava encaixado. Mesmo assim, abriu o placar em uma cabeçada de Formiga, após uma cobrança de escanteio. Só que no final do primeiro tempo, a Polônia melhorou no jogo e criou algumas chances. A goleira Bárbara, em boa atuação, impediu o gol de empate das mandantes.

No segundo tempo, vieram as mudanças. Logo na volta do intervalo, foram três: Kathellen, Debinha e Luana nos lugares de Poliana, Thaisa e Victoria. O time melhorou no ataque, com Debinha, autora dos dois gols contra a Inglaterra, melhorando o rendimento do time no ataque.

Logo a três minutos, o Brasil fez 2 a 0 no placar. Debinha fez uma grande jogada pela direita e cruza rasteiro. A bola passou por todo mundo, incluindo Andressa Alves e a defesa polonesa, e sobrou para a lateral Tamires, dentro da área, finalizar de pé direito e marcar.

A Polônia ficou perto de diminuir com Ewa Pajor, que recebeu um lançamento preciso e avançou para finalizar, mas a goleira brasileira Bárbara impediu o gol. Depois, a goleira ainda fez outra defesa, desta vez em cobrança de falta de Gabriela Grzywinska. E, aos 12 minutos, a Polônia diminuiu. Cobrança de falta pela direita e Malgorzata Mesjasz subiu de cabeça para marcar, sem chance de defesa para Bárbara: 2 a 1 para o Brasil.

O gol que definiu o placar veio aos 33 minutos. Ludmila fez um giro bonito, passou pela goleira e, quase sem ângulo, cruzou para trás. Debinha completou de barriga para o gol. A assistente marcou alguma irregularidade, mas a árbitra, sem ver nada de irregular no lance – e realmente não houve -, validou o gol: 3 a 1 para o Brasil. Depois de participar do segundo gol, a atacante marcou o terceiro.

A Polônia ainda tentou diminuir o placar, mas o Brasil já controlava a partida. Marta deixou o gramado aos 36 minutos do segundo tempo, sem grande brilho. A camisa 10, que tinha saído no intervalo contra a Inglaterra, desta vez ficou em campo por boa parte do jogo. Não teve uma grande atuação, porém.

Foi a terceira vitória em quatro partidas de Pia Sundhage como técnica do Brasil. A estreia foi no torneio Uber Internacional, com vitória sobre a Argentina por 5 a 0 e depois empate por 0 a 0 com o Chile, com derrota nos pênaltis. Nesta data Fifa, vitória sobre a Inglaterra por 2 a 1 e agora vitória sobre a Polônia por 3 a 1.

Há uma nova data Fifa para jogos das seleções entre os dias 4 e 12 de novembro, mas ainda não há jogos marcados pela CBF.