Apesar de um primeiro tempo pouco criativo, o Bayern de Munique fez o dever de casa contra o Augsburg e venceu por 2 a 0 neste domingo (8), na Allianz Arena. Com o empate do RB Leipzig, os bávaros ampliaram sua vantagem na liderança da Bundesliga.

Embora venha voando baixo em campo nas últimas semanas, o Bayern de Munique foi pouco engenhoso na primeira etapa contra o Augsburg. Pela primeira vez desde dezembro de 2014, os bávaros finalizaram apenas duas vezes no primeiro tempo, segundo dados da Opta.

Os times foram para o intervalo com o placar zerado, mas, na etapa complementar, o Bayern não demorou para fazer valer seu favoritismo. Aos sete minutos do segundo tempo, Boateng mostrou sua faceta de armador e acertou lançamento primoroso para Thomas Müller. Renascido sob o comando de Hansi Flick, o alemão completou a jogada sem deixar ela cair no chão: 1 a 0 para o Bayern.

A equipe se destravou na segunda etapa, criando diversas grandes chances e finalizando, ao todo, 16 vezes. Coutinho, aos 24, parou em defesaça de Andreas Luthe. Gnabry cansou de desperdiçar oportunidades: aos 26, foi lançado sozinho, cara a cara com o goleiro, mas bateu rasteiro rente à trave direita; dois minutos mais tarde, o alemão voltou a finalizar, desta vez a alvo, mas parou em Luthe; Gnabry, de novo ele, na jogada seguinte, bateu colocado e quase marcou um golaço, mas a bola foi para fora.

Standings provided by Sofascore LiveScore

O Augsburg assustou o Bayern na reta final de jogo. Aos 35 minutos, Neuer foi forçado a fazer grande defesa em finalização da pequena área de Florian Niederlechner. Já aos 44, os visitantes chegaram a empatar, mas Niederlechner estava em posição de impedimento. O rápido sufoco logo foi substituído por alívio, com Gnabry tabelando com Goretzka e deixando o meia em condições perfeitas para matar a partida em 2 a 0.

Utilizando pela primeira vez seu uniforme retrô comemorativo, em homenagem aos 120 anos de história do clube, o Bayern alcançou uma importante vitória para não deixar o Borussia Dortmund, novo segundo colocado, se aproximar demais. Com o empate do RB Leipzig diante do Wolfsburg, os bávaros ampliaram a vantagem para o vice-colocado para quatro pontos, contra três ao fim da rodada passada.