A Juventus concretizou a contratação de Mattia De Sciglio, de 24 anos, especulada há bastante tempo na Itália. O jogador da seleção italiana vem do Milan por € 12 milhões à vista e mais potenciais € 500 mil em bônus. O jogador supre a carência na lateral direita após a saída de Daniel Alves, mas com uma característica completamente diferente do brasileiro. O que tem tudo para ser ótimo para a Juventus de Masimiliano Allegri.

LEIA TAMBÉM: Szczesny tem uma enorme responsabilidade, mas a confiança de Buffon o respalda à Juve

O jogador fez exames médicos na quarta-feira, antes de assinar o contrato nesta quinta e er oficialmente anunciado. De Sciglio irá para os Estados Unidos com o elenco da Juventus para os amistosos de pré-temporada.  Segundo o comunicado da Juventus, os € 12 milhões serão pagos em três anos. O contrato com o jogador é de cinco anos.

A saída de Dani Alves do clube – se transferiu de graça para o PSG – abriu uma necessidade no elenco de mais um lateral direito. Um dos especulados tinha a característica mais parecida com Alves: Danilo, do Real Madrid. A chegada de De Sciglio resolve o problema na lateral direita com um jogador que é muito diferente, mas pode ser igualmente útil ao time de Turim.

Formado nas categorias de base do Milan, De Sciglio teve a sua primeira chance entre os profissionais justamente quando Massimiliano Allegri era o técnico da equipe, em 2011/12. Até por isso, a sua ida para o clube Piemontese foi falada muitas vezes nos últimos anos. O Milan sempre resistiu ao interesse da Juve, mas a contratação do lateral Andrea Conti, de 23 anos, da Atalanta, abriu espaço para vender a cria da base.

Jogador da seleção italiana desde 2013, De Sciglio é um jogador mais à italiana: é mais posicional, não avança tanto quanto Dani Alves e definitivamente sem a mesma qualidade com a bola nos pés. É um jogador que forma melhor a linha defensiva, o que deve ser importante para um  time que passará a ter pontas mais incisivos, como Douglas Costa, recém contratado do Bayern de Munique.

Allegri passa a ter duas opções na lateral direita. De Sciglio disputa a posição com Stephan Liechtsteiner. O novo contratado jogará com a camisa 2, mesmo número que usava no Milan. Jogando no clube mais forte da Itália nos últimos anos e com o técnico que o lançou como profissional, De Sciglio espera garantir a sua vaga no elenco da seleção italiana que, ao que tudo indica, deve ir à Copa do Mundo de 2018.

Mattia De Sciglio com a camisa da Juventus (Foto: divulgação)
Mattia De Sciglio com a camisa da Juventus (Foto: divulgação)