A festa foi preparada para a estreia de Daniele de Rossi, e o ex-jogador da Roma contribuiu, anotando seu primeiro gol com a camisa do Boca Juniors. No entanto, o Almagro, da segunda divisão, brigou na etapa final, empatou e contou com as mãos do seu goleiro Christian Limousin para defender dois pênaltis e eliminar o gigante nos 16 avos de final da Copa da Argentina.

Gustavo Alfaro escalou uma equipe forte para encarar o Almagro, com De Rossi ao lado de Nicolás Calpado no meio-campo, Eduardo Salvio e Alexis Mac Allister armando para Zárate e Ramón Ábila. Foi grande o volume de jogo do Boca Juniors no primeiro tempo, com uma série de chances perdidas e 11 finalizações. Aos 27 minutos, De Rossi apareceu entre a marcação para completar escanteio de Mac Allister e abriu o placar.

Na Roma, De Rossi precisou de oito partidas para fazer seu primeiro gol, contra o Torino, em maio de 2003. No Boca Juniors, de apenas uma. Levou um amarelo, aos 35 – a primeira advertência pela Roma foi no décimo jogo.

 

No entanto, não serviu para muita coisa. O volante foi substituído aos 32 minutos do segundo tempo, e Burrito Martínez, aquele mesmo, ex-Corinthians, aproveitou uma saída atrapalhada do goleiro Marcos Díaz para empatar, com o gol livre.

Christian Limousin sentiu uma lesão nos minutos finais do tempo regulamentar e aproveitou a pausa para os pênaltis para visitar os vestiários. Conseguiu retornar a campo e defendeu as batidas de Mac Allister e Jan Hurtado. Como o Almagro foi impecável a partir da marca do cal, quando Eduardo Salvio isolou o quarto chute do Boca Juniors, o time da segunda divisão estava confirmado nas oitavas de final da Copa da Argentina.