O meio-campista Daniele De Rossi afirmou que espera que o atacante e capitão Francesco Totti e o técnico Luis Enrique se acertem na Roma. Os dois estão em rota de colisão desde a chegada do jovem treinador espanhol, que não garante o camisa 10 como titular do time e diz que nenhum jogador terá privilégios sob seu comando.

“Totti é um tesouro da Roma, ele é o maior jogador de todos os tempos depois de [Roberto] Baggio, mas Luis Enrique é algo bom também, e ele é um treinador jovem, que é ofensivo e leal. Chega de especulações sobre a Roma”, disse o meio-campista, de 28 anos.

O jogador, que foi especulado para deixar o clube, afirmou que irá ficar, mas quer negociar um novo contrato. “Eles querem me manter, eu quero ficar, mas nós precisamos negociar”, disse De Rossi. O meia esteve em campo na vitória da Itália por 1 a 0 sobre as Ilhas Faroe, pelas eliminatórias para Eurocopa. “Foi um jogo perigoso e na verdade nós sofremos mais do que contra a Espanha. Esses são os paradoxos do futebol, mas pode acontecer”, explicou.

“É um campo pequeno e eles defenderam com 11 jogadores. Nós tivemos 90% da posse de bola, mas eles ameaçaram empatar. Pessoalmente, eu fiquei com medo de um colapso nos últimos minutos, mas tudo deu certo”, contou De Rossi.

A Itália assegurou ao menos o segundo lugar do grupo, o que garante o time nos pla-offs por uma vaga na Eurocopa. O time é líder do Grupo C com 19 pontos.