Em sua primeira participação na Champions League, a Atalanta já havia feito história só de entrar no torneio. O conto de fadas, no entanto, se estendeu, e a equipe já se encontra nas quartas de final, em que pegará o PSG. Por mais que seja dos clubes de menor tradição restantes na competição, a Dea está numericamente a três jogos de um quase impensável título. O feito seria tão inacreditável que Marten de Roon, jogador da equipe italiana, decidiu fazer uma promessa inusitada e ambiciosa: se sua equipe vencer a Liga dos Campeões, o neerlandês fará pizza para mil pessoas.

A declaração havia sido feita meses atrás por De Roon, em resposta a um torcedor que lhe perguntava o que ele faria se a Atalanta vencesse a Champions League. Agora, na véspera do confronto com o PSG nesta quarta-feira (12), o atleta, conhecido por ser brincalhão sobretudo nas redes sociais, reforçou seu compromisso, que começou como uma réplica bem-humorada e agora já está ao menos no campo do sonho improvável, mas possível.

“Como eu disse, farei pizza para mil pessoas se vencermos a Liga dos Campeões. Mas, se perdermos, podemos tentar de novo no ano que vem. Não suporto ver a gente perder. (Se acontecer,) Tentaremos novamente no ano que vem e veremos o que acontece”, afirmou De Roon, em entrevista coletiva.

Por mais que o poder aquisitivo da Atalanta não se compare ao de seus adversários, um trabalho apurado de recrutamento, treinamento e progresso gradual levou à equipe que vemos hoje, batendo recorde de gols na Itália, com 98 marcados em 38 partidas na temporada 2019/20.

Mais do que a entrega à causa, o time conhece o caminho do gol, tem peças com qualidade técnica para desequilibrar e, por fim, a equipe de Bérgamo joga para buscar dar um instante de alegria a uma cidade devastada pelo Coronavírus, como um dos primeiros epicentros na Europa, em março. Poucas coisas poderiam proporcionar isso à população bergamasca como um triunfo por parte de sua equipe “azarona”. A pizza prometida por De Roon torna a jornada ainda melhor.