Outubro de 2008. Distante, né? Soa perto, mas já estamos em 2020. O tempo passou rápido, menos para o Porto, que teve que esperar longos 11 anos e três meses para voltar a vencer o Sporting na casa do rival. Mais do que isso, o 2 a 1 sobre os Leões no Estádio José Alvalade ajudou os Dragões a evitarem o distanciamento do líder Benfica na tabela. Depois de 15 rodadas, a diferença entre primeiro e segundo colocados é de quatro pontos.

A vitória não veio fácil ao Porto, que contou duas vezes com as traves no segundo tempo para evitar um segundo gol sofrido. O começo da partida, no entanto, foi promissor. Logo aos cinco minutos de jogo, Jesús Corona acertou lançamento fantástico, da linha do meio de campo, para Moussa Marega. O malinês aproveitou a indecisão e a demora do goleiro Luis Maximiliano e tirou o adversário da jogada para fazer o 1 a 0 com apenas um toque na bola.

A resposta do Sporting veio ainda no primeiro tempo, com Acuña. O argentino orquestrou toda a jogada. Primeiro se antecipando ao adversário ainda no meio de campo e interceptando a saída de jogo desatenta do goleiro Marchesín. Enquanto seus companheiros tocavam a bola rumo ao ataque, ele, Acuña, partiu em disparada para a área e recebeu Vietto. Em diagonal, bateu forte, entre o goleiro e a trave direita, para empatar em 1 a 1 aos 44 do primeiro tempo.

Com o equilíbrio entre as duas equipes, o diferencial veio, mais uma vez, de Tiquinho Soares. Artilheiro do clube em 2019, com 24 gols, o atacante começou 2020 também com o pé direito. Seu gol de cabeça, aos 28 do segundo tempo, garantiu a vitória por 2 a 1 e estendeu a sequência do jogador para sete gols nos últimos sete jogos pelos Dragões, incluindo todas as competições (Campeonato Português, Taça da Liga, Taça de Portugal e Liga Europa).

Standings provided by Sofascore LiveScore

Depois de 15 rodadas, a campanha do Porto é excelente na liga. Venceu 12 jogos, empatou dois e perdeu apenas um. Os 38 pontos até aqui poderiam perfeitamente ser suficientes para que estivesse na liderança, mas o Benfica fez uma primeira metade de temporada basicamente irrepreensível.

O triunfo por 1 a 0, fora de casa, contra o Vitória de Setúbal, no sábado (4), foi o 12º consecutivo dos Encarnados na Liga Portuguesa. São, ao todo, 14 vitórias e uma só derrota no campeonato em 2019/20, justamente para o Porto (0x2, no Estádio da Luz).

Seguindo de perto os atuais campeões, os Dragões precisarão manter o fôlego pelo menos até fevereiro, quando, no dia 9, voltam a enfrentar o Benfica, desta vez em seu estádio, no que deve ser um clássico capital para as pretensões de título do Porto.