De forma inapelável, o Royal Antuérpia derrota o Tottenham e valoriza ainda mais o seu renascimento

Tradicional clube belga, o Royal Antuérpia passou 13 temporadas consecutivas na segunda divisão local. Apesar da paixão de sua torcida, a crise econômica mantinha os alvirrubros no limbo, até que a espera se encerrasse com o acesso em 2017. Desde então, o Antuérpia cresce com alto investimento, aposta em medalhões e campanhas cada vez mais consistentes. Na temporada passada, além de conquistar a Copa da Bélgica, o clube já tinha aparecido nas preliminares da Liga Europa após 25 anos longe dos torneios continentais. Desta vez, alcançou a fase de grupos pela primeira vez, enquanto lidera paralelamente o Campeonato Belga. E a quem não conhecia o bom trabalho, o time deu um belíssimo cartão de visitas nesta quinta, ao derrotar o Tottenham por 1 a 0 no Bosuilstadion.

O Royal Antuérpia possui uma equipe que mescla veteranos e novos talentos, com o ataque trazendo os nomes mais conhecidos – Dieumerci Mbokani e Lior Refaelov. Já o Tottenham poupou boa parte de seus titulares, ainda assim entrando com uma equipe forte na Bélgica. Gareth Bale, Dele Alli, Steven Bergwijn e Carlos Vinícius compunham o quarteto de frente. Entretanto, a linha ofensiva não funcionaria.

Desde os primeiros movimentos, o Royal Antuérpia demonstrava uma dose grande de confiança e ameaçava o Tottenham em seus avanços. Aos 13, os alvirrubros poderiam ter feito o primeiro, numa cabeçada de Pieter Gerkins que passou próxima à trave. Os Spurs eram travados e se limitavam a chutes da entrada da área, sem muita contundência. Faltava um entendimento maior dos atacantes, bem como mais agressividade. Algo que sobrava aos belgas e que culminaria no primeiro tento aos 29. Mbokani roubou a bola de Ben Davies e armou o ataque em dois contra um. O congolês deu um passe cheio de categoria a Refaelov, livre na área. O israelense, então, dominou com estilo e encheu o pé diante de Hugo Lloris.

O Tottenham mal esboçou uma reação na sequência do primeiro tempo. Os jogadores não pareciam dispostos a acelerar como necessário. E, nada contente à beira do campo, José Mourinho realizaria quatro alterações na volta do intervalo. Saíram Dele Alli, Giovani Lo Celso, Bergwijn e Carlos Vinícius. Entraram Erik Lamela, Pierre-Emile Hojbjerg, Lucas Moura e Son Heung-min. Nem assim os londrinos reagiriam.

A quem esperava uma nova postura do Tottenham, os visitantes foram ainda mais encurralados no início da segunda etapa. O Royal Antuérpia forçava os erros da defesa adversária e poderia muito bem ter ampliado. Mbokani perdeu um gol inacreditável aos sete, isolando uma bola na pequena área, e logo Simen Jukleröd faria Lloris se desdobrar para espalmar seu arremate a escanteio. Mourinho também perderia a paciência com Bale antes dos 15 e o sacaria, para a entrada de Harry Kane.

O Tottenham chegaria um pouco mais na meia hora final, mas não que apresentasse um futebol tão convincente. A defesa do Royal Antuérpia realizava um excelente trabalho para bloquear os ingleses, com Abdoulaye Seck e Ritchie de Laet realizando desarmes providenciais na área belga. De qualquer maneira, os Spurs davam sorte, com Jukleröd mandando para fora um ótimo contragolpe aos 28. Os londrinos ficariam no ataque durante a reta final, com 70% de posse, mas pouca inventividade. Quando De Laet não apareceu para salvar, Harry Winks bateu por cima na principal tentativa dos visitantes.

O Royal Antuérpia acumula oito partidas de invencibilidade neste momento, sendo sete vitórias. Ganhou seus dois primeiros compromissos na Liga Europa e assume a liderança do Grupo J, com seis pontos. E os líderes do Campeonato Belga farão uma partida vital no final de semana, contra o Anderlecht, um dos muitos perseguidores neste momento. O Tottenham, por sua vez, vê encerrada a série sem perder que durou por dez compromissos, com sete triunfos. A oportunidade de se reerguer virá no domingo, contra o Brighton pela Premier League. No outro jogo da chave nesta quinta, o LASK Linz derrotou o Ludogorets Razgrad num animado 4 a 3.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore