A temporada do Athletic Bilbao começa de maneira sofrida não apenas no Campeonato Espanhol, mas também na Liga Europa. Depois do vexatório empate em casa na rodada inicial, os atuais vice-campeões seguem sem vitórias na competição continental. Nesta quinta, os bascos tomaram um baile do Sparta Praga, perdendo por 3 a 1 na República Tcheca.

Após começo de jogo pouco movimentado, o Sparta deu seu cartão de visitas aos 23 minutos, em tiro de Václav Kadlec esbarrou na trave. Logo na sequência, porém, Tomas Zapotocny não perdoou. O lateral recebeu na entrada da área e soltou a bomba de canhota, sem chances para Gorka Iraizoz.

Já no fim do primeiro tempo, os tchecos pressionaram até conseguirem ampliarem a diferença. Bekim Balaj completou cruzamento e a bola tocou em Aritz Aduriz antes de entrar. E, aos dez minutos da segunda etapa, o Sparta teve um pênalti a favor e não desperdiçou a chance de anotar o terceiro, com Josef Husbauer.

Fernando Llorente, que foi expulso de treinamento durante a semana por Marcelo Bielsa, ganhou uma chance em campo apenas na metade do segundo tempo. Com o centroavante em campo, os bascos até conseguiram diminuir o prejuízo. Iker Muniain rolou e Óscar de Marcos mandou para as redes. Entretanto, as ações dos leones pararam por aí.

Lyon também sofre, mas vence

A liderança do Grupo I é do Lyon, que permanece com 100% de aproveitamento. Os Gones, contudo, também tiveram dificuldades para vencer o Kiryat Shmona, em partida realizada em Israel. Após virarem o jogo e cederem o empate, os franceses contaram com um gol aos 47 minutos da etapa complementar para assegurar o triunfo por 4 a 3.

O Kiryat Shmona saiu em vantagem logo aos sete minutos de jogo, com Shimon Abuhazira desviando cruzamento da direita para as redes. O gol acordou o Lyon, que conseguiu a virada ainda no primeiro tempo. Gueida Fofana foi o responsável pelo empate, enquanto Fabián deixou os Gones na frente cobrando falta. Já aos 31, Clément Grenier fez o passe, Lisandro López deu o corta luz e Anthony Réveillère anotou o terceiro.

Na volta do intervalo, os israelenses reagiriam em busca de nova igualdade. Em finalização potente, Dior Levi anotou o segundo, enquanto o empate veio em pênalti cobrado por Abuhazira. No restante da partida, a pressão foi do Lyon em busca da vitória, que saiu apenas nos acréscimos. Steed Malbranque cobrou escanteio e Gueida Fofana marcou de cabeça.