De Bruyne já fala em renovação com Manchester City de contrato que termina em 2023

Meia de 29 anos disse que está feliz no clube e quer continuar, por isso, ele mesmo tem negociado para permanecer nos Sky Blues

Um dos principais jogadores do Manchester City, Kevin De Bruyne, já fala em uma renovação do seu contrato. O seu contrato atual vai até 2023, e, aos 29 anos, o belga se disse feliz no clube e quer permanecer. Em entrevista depois do jogo pela seleção belga, ele comentou que há conversas para a extensão do vínculo, o que o faria continuar nos Sky Blues já na parte final da sua carreira.

[foo_related_posts]

“Eu estou em um bom clube, com bons donos. Nós estamos conversando [sobre a renovação], mas não está avançado. No momento, eu mesmo estou fazendo as negociações”, revelou o belga em entrevista à VTM, emissora de TV belga. “Eu gostaria de ficar no clube, então é fácil. Se eu não quisesse ficar, seria preciso alguém para mediar. Mas quando você quer ficar, não é tão difícil”.

A sua permanência ficou ameaçada quando o City foi punido pela Uefa com dois anos sem participar de competições europeias por violações no Fair Play Financeiro. O jogador admitiu que se a posição fosse mantida, ele teria que reconsiderar o seu futuro no clube. O Manchester City, porém, conseguiu reverter a punição e foi autorizado a disputar as competições europeias normalmente.

De Bruyne se tornou um dos líderes do elenco do Manchester City, tanto que é o vice-capitão do time e só não veste a braçadeira quando Fernandinho está em campo. Em 10 jogos em 2020/221, são sete assistências, além de um gol. No total da sua passagem pelo City até aqui, são 232 jogos e 96 assistências, com 58 gols. Uma marca relevante para o jogador, mas que nem de longe são suficientes para explicar o seu excelente nível de futebol. Com ele em campo, o Manchester City é muito melhor, mesmo que ele não faça qualquer assistência ou gol.