O Manchester City está inteiramente na briga pelo título e o meio-campista David Silva acha que o time pode não só igualar o feito da temporada passada, mas ir além. O time do técnico Pep Guardiola está brigando ponto a ponto com o Liverpool pelo título da Premier League, além de estar vivo em todas as competições que disputa – inclusive a tão desejada Champions League. O veterano espanhol falou em entrevista à Sky Sports sobre a sua chegada ao clube, em 2010, a adaptação e como olha para o futuro.

LEIA TAMBÉM: “A próxima fronteira à Premier League é ter a sua própria Netflix”, afirma ex-presidente do Palace

“Eu me adaptei muito bem porque as pessoas aqui me ajudaram muito, eu sou muito agradecido a eles. Essa é uma das razões, a outra é que a minha família está sempre comigo e me apoiando, então eu sou forte na minha mente”, disse o espanhol. “Está sempre lá e eu estou trabalhando muito todos os dias. Quando você trabalha e você dá tudo, as coisas se tornam mais fáceis”.

“Foi duro no começo porque eu não estava em forma. Nós ganhamos a Copa do Mundo [em 2010] e eu tive apenas duas semanas para descansar e vim para cá, eu percebi o quanto essa liga é dura. Era fisicamente forte, então eu tinha que ficar mais em forma”, conta o meio-campista. “Eu acho já estava aqui há uns dois meses quando marquei o gol contra o Blackpool [o seu primeiro na liga] e minha confiança aumentou”.

“Isso me mudou internamente porque quando eu marquei aquele gol, meu corpo relaxou e eu pude aproveitar mais jogar futebol e eu estava melhor fisicamente. Esse foi o ponto que eu comecei a subir”, disse o meia. “Houve alguns tempos difíceis, porque você levanta e não vê a luz do sol, mas você se acostuma. O problema aqui é que nós temos muitos jogos durante o inverno, mas, novamente, você se acostuma. Você tem que tomar mais cuidado com o seu corpo, comer melhor e ser mais saudável. Você toma mais conta de você, você dá mais”.

O Manchester City é o atual campeão inglês e investiu muito em jogadores jovens nos últimos anos, especialmente com Pep Guardiola. “O clube está fazendo progressos e contratando jogadores, mas mantendo a velha guarda. Eu acho que é uma mistura de velhos jogadores com jovens é muito boa. Eu acho que é bom e o clube está fazendo bem, o que pode ser visto em campo. Esta temporada talvez nós possamos fazer melhor que na temporada passada”, disse Silva.

“No final, eu acho que depende dos resultados desta temporada, nós certamente podemos vencer mais do que na temporada passada, mas no momento nós fizemos o mesmo que conseguimos com Manuel [Pellegrini] ou [Roberto] Mancini. Nós ganhamos a liga a Copa e na última temporada foi o mesmo”, afirmou ainda o jogador. O sonho dos Citizens, claro, é a Champions League, mais do que qualquer outro. Mas o título inglês também voltou a ficar próximo.

Um veterano, já aposentado da seleção espanhola, David Silva ainda não sabe o que fará nos próximos anos. “Eu não tenho um plano [para o futuro]. Agora eu só quero aproveitar mais porque eu tenho 33 anos e algum dia o futebol irá acabar para mim. Eu quero aproveitar a vida mais depois do que aconteceu com meu filho [Mateo nasceu prematuramente e precisou de cuidados] e aproveitar o tempo com a minha família e amigos”, disse David Silva.

“Eu não penso demais, eu apenas jogo cada jogo e tento em todos os treinamentos. Eu não penso no futuro. Talvez agora mais porque eu estou mais velho, mas antes eu apenas aproveitava jogando e trabalhando duro, era isso”, contou. “Este clube está progredindo bem e eles querem contratar bons jogadores, então alguém virá me substituir. Outro ano, jogando em alto nível e ganhando títulos, não é fácil na Inglaterra, então acho que é por isso que eles gostam de mim”.

“Quando você faz alguma coisa que não é bom para o seu corpo, você pode sentir mais [quando fica mais velho], mas na minha cabeça, ainda é o mesmo, então quando não está indo bem, há um problema. Por enquanto, ainda me sinto inteiro, então estou me sentindo bem”.