O Vila Nova permanece mais de três décadas sem disputar a primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Desde 1985 o Tigre está fora da elite, com dois acessos na Série C conquistados nos últimos cinco anos. Além disso, a última vez que os colorados ergueram a taça do Campeonato Goiano foi em 2005, com direito a um rebaixamento no estadual em 2014. A realidade um tanto quanto modesta não condiz com a torcida apaixonada que o clube possui. E uma prova de ambição veio nesta segunda-feira, como um presente de Natal: o Vila anunciou a contratação de Danilo. Aos 39 anos, o meia assina por uma temporada.

VEJA TAMBÉM: Danilo zelou pelo Corinthians como sua morada e o coração da Fiel sempre será seu lar

Nascido em São Gotardo, Minas Gerais, Danilo possui sua história fortemente ligada ao Goiás. Foi no esmeraldino que o meia se profissionalizou e viveu as primeiras conquistas, nos bons times que o clube formou durante a virada da década. Esperava-se que ele pudesse encerrar a carreira na antiga casa, especialmente com o retorno dos alviverdes à primeira divisão do Brasileiro. Contudo, apesar do namoro público, não houve um acordo. O flerte com o Vila Nova prosperou bem mais. A missão do veterano será justamente no maior rival, com o objetivo de fazer o Tigre reviver as suas glórias.

Nas duas últimas edições da Série B, o Vila Nova competiu pelo acesso, permanecendo no G-4 durante parte das campanhas. Danilo reforça o Tigre não apenas por sua qualidade dentro de campo, algo que deve ser usado com moderação, diante de suas limitações físicas. Mais importante é a liderança e o espírito vencedor que o meia pode oferecer ao elenco. É uma presença que faz a diferença nos bastidores e impulsionará os companheiros. O Campeonato Goiano servirá como porta de entrada. Depois, virá o principal objeto de desejo, a segundona.

Em seus últimos meses no Corinthians, Danilo demonstrou que tem lenha para queimar. Não é o jogador para atuar durante os 90 minutos, mas pode ser utilizado com certa constância e possui uma inteligência acima da média para decidir jogos importantes. Além do mais, a ambição do meia é uma marca em toda a sua carreira. Seu desejo de seguir registrando feitos no currículo certamente é o que o move por mais um ano. As expectativas são de que o Vila Nova possa colher os frutos. Que seja apenas um reforço entre os vários já anunciados neste mês (que incluem o goleiro Saulo, o volante Denner e o atacante Michel Douglas), o veterano representa bastante as pretensões do clube.