Os rivais Cruzeiro e Atlético-MG passaram sem dificuldades pelos dois últimos colocados no Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira. O Cruzeiro foi a Recife e derrotou o Náutico por 4 a 1, mesmo placar da goleada atleticana sobre o América-RN no Mineirão. América e Náutico seguem com apenas 7 pontos, e o time pernambucano segura a lanterna por ter uma vitória a menos.

Com a vitória, o Cruzeiro chegou a 19 pontos e assumiu a terceira posição, entrando na zona de classificação para a Copa Libertadores. O Galo agora tem 16 pontos, em 14º lugar, ganhando fôlego na tentativa de se distanciar do grupo dos quatro últimos.

O Náutico deu a impressão de que poderia bater o Cruzeiro, marcando na cobrança de falta de Tales logo no primeiro minuto de jogo. A vantagem dos donos da casa, no entanto, durou apenas até o gol de Roni, aos 12. No segundo tempo, Wágner virou para a Raposa aos 12 minutos.

Wágner foi expulso com o segundo cartão amarelo aos 24 minutos, mas nem a desvantagem numérica impediu o Cruzeiro de ampliar o marcador. Araújo, aos 28, e Leandro Domingues, aos 40, deram números finais à goleada.

Em Belo Horizonte, o Atlético, que vinha de cinco jogos sem vitória, aliviou a pressão sobre o técnico Zetti. Marcinho fez 1 a 0 aos 9 minutos, e o atacante Galvão fez seu primeiro gol no campeonato aos 21. O América descontou com Edson Borges, aos 25, mas Marcinho marcou aos 41 e deu tranqüilidade novamente ao Galo.

Na etapa final, Leandro Carrijo, que saiu do banco de reservas, fechou o placar aos 39 minutos.