O Cruz Azul castigou o Deportivo Táchira na noite desta terça-feira na Cidade do México e fez 4 a 0, em jogo válido pelo Grupo 6 da Libertadores. Os mexicanos, que estão no mesmo grupo do Corinthians, soma seis pontos em dois jogos.

O jogo começou com o Táchira se arriscando no ataque nos primeiros minutos, mas não demorou para o time da casa fazer valer o seu mando e seu time. E aos 18 minutos, Adrián Cortés, de pênalti, abriu o placar para o time da casa. Os venezuelanos sentiram o gol. O Cruz Azul passou a dominar a partida.

No segundo tempo, aos nove minutos, Edixon Perea marcou o segundo do da equipe. O brasileiro Maranhão, aos 34 minutos, fez o passe para Javier Antonio Orozco, que marcou 3 a 0 aos 33 minutos. Por fim, o atacante Emanuel Villa, que tinha acabado de entrar, marcou o quarto aos 36 e fechou a conta em 4 a 0.

Com isso, o Cruz Azul chegou a seis pontos no Grupo 6. O Corinthians entra em campo no dia 7 de março contra o Nacional, do Paraguai. O time brasileiro tem um ponto depois do empate com o Deportivo Táchira na estreia, na Venezuela. No dia 14 de março, o Cruz Azul vai até São Paulo enfrentar o Corinthians. No dia 13, um dia antes, o Táchira visitará o Nacional no Paraguai.

Arsenal mostra força contra o Zamora

 

Na Argentina, o Arsenal de Sarandí passou pelo Zamora, da Venezuela, por 3 a 0. O jogo foi pelo Grupo 4, o mesmo do Fluminense. Os argentinos conseguiram a vitória construindo no primeiro tempo os três gols que determinaram o placar.

O Arsenal abriu o placar logo no início. Jorge Ortiz chutou de fora da área, a bola desviou em Jaime Bustamante e matou o goleiro Álvaro Forero: 1 a 0, logo a dois minutos de jogo. Não demorou para o time da casa marcar outro. Aos 15, em cobrança de escanteio de Juan Pablo Caffa, Lisandro López tocou e Carlos Carbonero mandou para a rede.

O time argentino determinou o placar aos 42 minutos. Em tabela com Carlos Carbonero, Lisandro López marcou e definiu: 3 a 0. O time se iguala ao Fluminense em pontos. Os brasileiros irão à Argentina enfrentar o Boca Juniors no dia 7 de março.

Unión Española vence Bolívar e lidera Grupo 3

 

O Bolívar assustou o Unión Española no Chile, mas acabou não resistindo e tomou a virada, perdendo por 3 a 1 jogo do Grupo 3 da Libertadores. Com isso, os chilenos lideram a chave.

O primeiro gol saiu aos 36 segundo de jogo. Damián Lizio cruzou para Edemir Rodríguez tocar e marcar. O time chileno acordou e passou a jogar mais no ataque, pressionando a equipe boliviana.

Só que não demorou para o time da casa chegar ao empate. Aos 17 minutos, Mauro Alberto Díaz empatou 1 a 1. E aos 21, o time da casa virou o jogo.Emanuel Herrera marcou o segundo gol do time. Aos 39 minutos, Jean Paul Pineda fechou o placar ainda no primeiro tempo: 3 a 1.
Com isso, o Unión Española tem seis pontos e lidera o Grupo 3. A Universidad Católica enfrenta o Junior, da Colômbia, na quinta-feira. Na próxima rodada, o Junior enfrenta o Bolívar em casa, enquanto o Uniós Española recebe a Universidad Católica em confronto chileno.