O Brasil estreou com uma goleada fácil sobre a seleção de Camarões, no Grupo E dos Jogos Olímpicos. A seleção feminina contou com boas atuações de Marta e Cristiane para fazer 5 a 0 nas camaronesas, em Cardifff, e mostrar que o time chega com força para a disputa de uma medalha nos jogos.

Cristiane começou o jogo no banco e entrou no intervalo, quando o time já vencia por 2 a 0. Os dois gols, aliás, saíram nos primeiros dez minutos de jogo, o que garantiu muita tranquilidade à equipe para o resto do jogo.

Com Cristiane tendo boa atuação, o time aumentou o placar para 5 a 0 e sai em vantagem no Grupo E, que teve o Reino unido vencendo por 1 a 0 na estreia. Além disso, Cristiane chegou a 11 gols em Olimpíadas e tornou-se a maior artilheira dessa competição em todos os tempos. O futebol feminino é jogado desde 1996.

Destaque do jogo

Cristiane entrou no intervalo, depois de voltar de contusão. Fez uma grande apresentação, marcou um belo gol e ainda fez uma jogada fantástica que resultou no quinto gol. Ajudou o time a transformar a vitória em uma goleada.

Momento-chave

O segundo gol brasileiro, com dez minutos jogados ainda no primeiro tempo, já definiu o jogo e não deu muitas esperanças para as camaronesas.

Os gols

6’/1T: Francielle cobrou uma falta lateral de forma direta, mandando para as redes e abrindo o placar para o Brasil.

10’/1T: Em cobrança de escanteio de Francielle, Renata Costa subiu no meio da pequena área para tocar de cabeça e marcar 2 a 0.

27’/2T: Depois de ser derrubada dentro da área, Marta cobra pênalti no canto e marca o terceiro gol brasileiro.

28’/2T: Em um contra-ataque, Marta ficou esperando para lançar e colocou Cristiane para correr nas costas da zaga. A atacantge driblou o goleiro e tocou para as redes. Goleada brasileira em Cardiff: 4 a 0.

42’/2T: Cristiane faz um jogada fantástica, dá drible da vaca na zagueira, dribla a goleira e toca para o meio, onde Marta completa para o gol vazio e faz 5 a 0.

Ficha técnica

Camarões 0x5 Brasil

Local: Estádio Millenium, em Cardiff (GAL)
Árbitra: Jenny Palmqvist (SUE)
Gols: Francielle aos 7’/1T, Renata Costa aos 10’/1T, Marta aos 27’/2T e 42’/2T, Cristiane aos 28’/2T (Brasil)
Cartões Amarelos: Formiga (Brasil), Jeannette Yango, Christine Manie (Camarões)

Camarões
Annette Ngo Ndom; Christine Mani, Augustine Ejangue, Claudine Maffometou, Françoise Bella; Jeannette Yango, Madeleine Ngono Mani, Ajara Nchout (Gaelle Enganamouit aos 26’/2T) e Gabrielle Onguene; Raissa Feudjio (Francine Zouga aos 19’/2T) e Bebey Beyene. Técnico: Carl Enow

Brasil
Andreia; Fabiana, Renata Costa, Erika e Maurine; Ester, Formiga (Grazielle aos 26’/2T), Bruna e Francielle (Daiane aos 48’/2T); Marta e Thais Guedes (Cristiane, no intervalo). Técnico: Jorge Barcellos