As difíceis relações entre Estados Unidos e Cuba ganharam um novo capítulo quando o presidente Barack Obama anunciou que iria retomar as relações diplomáticas com o país caribenho em dezembro. Desde então, alguns times profissionais, como o Boston Red Sox, manifestaram interesse em jogar em Cuba. Mas o primeiro time profissional a jogar em Cuba deve ser do futebol: o New York Cosmos.

LEIA TAMBÉM: Estreia de Kaká teve estádio lotado, bandeirão da torcida e gol no último minuto

Segundo o New York Times, o New York Cosmos jogará em Cuba no dia 2 de junho, durante a pausa no calendário da North American Soccer League (NASL). O adversário será a seleção cubana, que jogará completa e usará o amistoso como forma de preparação para a Copa Ouro, que será disputada entre os dias 7 e 26 de julho nos Estados Unidos.

A escolha do Cosmos para jogar em Cuba não é um acaso. O time atualmente está na NASL, que é a segunda liga em importância no futebol dos Estados Unidos, atrás da MLS. Apesar disso é particularmente atrativo para os cubanos porque é um time com marca global, conhecido mundialmente e tem seu elenco os ex-jogadores da seleção da Espanha Raúl González e Marcos Senna. Além disso, o elenco ainda conta com jogadores da América Central e do Sul, como Samuel Arza, que é paraguaio, Rovérsio, brasileiro, Andrés Mejía, salvadorenho, Sebastián Vareña, uruguaio, David Diosa, colombiano, e Leonardo, brasileiro.

Antes do embargo, era comum os times esportivos americanos visitarem Cuba, especialmente os de beisebol, principal esporte do país. Bom, ao menos por enquanto. O futebol tem crescido muito e já rivaliza com o beisebol em preferência dos cubanos, não por acaso.

Em uma matéria do próprio New York Times em dezembro de 2014, o repórter Jeré Longman ouviu vários entrevistados que falavam sobre sua preferência pelo futebol no país do presidente Raúl Castro, irmão de Fidel Castro. “Dois ou três anos é o tempo que levará para o futebol se tornar o esporte mais importante em Cuba”, afirmou Ariel Lopez, que treina garotos de 16 a 18 anos em Mayabeque, nos arredores de Havana. “As crianças estão jogando na rua”.

O embargo econômico foi imposto pelos Estados Unidos a Cuba no final de 1960. A retomada das relações diplomáticas já trouxe diversas consequências para Cuba e Estados Unidos e é o primeiro passo para o fim do embargo. No começo de fevereiro, o Red Sox manifestou o seu interesse em jogar em Cuba durante a primavera (entre março e maio). O Baltimore Orioles, último time profissional de esporte a jogar em Cuba em 1998, também manifestou o seu interesse em jogar no país caribenho. Aparentemente, porém, o primeiro time profissional dos Estados Unidos a jogar em Cuba será do futebol, o New York Cosmos.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM:
Antes de Kaká, Brasil está na história do Orlando desde a Seleção de Masters de Rivellino
O que a confusão nos direitos de TV da Copa nos EUA diz sobre a mudança da Copa-2022