Desde a saída de Jô, ao fim de 2017, campeão e artilheiro do Campeonato Brasileiro, o Corinthians encontra dificuldades para ocupar a posição de centroavante. Roger e Jonathas foram tentativas frustradas. Romero e até o veterano Danilo tiveram que ser improvisados na função. Nesta sexta-feira, o clube confirmou a contratação do jogador com o qual espera, enfim, resolver o problema: Mauro Boselli.

LEIA MAIS: Viola faz 50 anos – e aproveitou seu grande momento

O atacante argentino de 33 anos parece ser uma aposta interessante. Boselli tinha contrato com o León, do México, clube que defendeu nas últimas cinco temporadas e meia, até a metade deste ano. Recusou a proposta de renovação e rescindiu o seu vínculo amigavelmente com os mexicanos. Chega apenas pelo salário e pelo valor das luvas. E tem um retrospecto sólido de goleador.

Boselli começou sua carreira no Boca Juniors, pelo qual conquistou a Copa Libertadores de 2007, embora tenha jogado muito pouco: três vezes saindo do banco de reservas. Dois anos depois, a história foi diferente. Foi titular do Estudiantes e marcou oito vezes na caminhada que terminou com o caneco, inclusive na final contra o Cruzeiro. Valeu uma transferência para o Wigan, naquela época um time da Premier League.

Mas Boselli nunca se firmou no Campeonato Inglês. Depois de apenas oito jogos, foi emprestado para o Genoa. Ainda vinculado ao Wigan, voltou para o Estudiantes, sem o mesmo sucesso, e passou pelo Palermo, antes de desembarcar no León. No México, enfim reencontrou o seu melhor futebol.

Nas cinco temporadas completas que disputou por lá, nunca fez menos do que 16 gols e chegou ao auge de 29, em 41 partidas, na campanha de 2017/18. Ou seja, recentemente. Entre Clausuras e Aperturas, foi artilheiro de quatro edições. Na atual temporada, ainda pela metade, marcou nove vezes em 22 jogos. Tem um total de 130 gols em aproximadamente 220 duelos pelo León, mais do que qualquer jogador de clube brasileiro nesse mesmo período, segundo levantamento do Globo Esporte.

“Quero dizer que estou muito feliz de estar aqui. É um grande desafio que terei. Estou muito orgulhoso de usar esta camiseta. Farei de tudo para deixar o nome do clube no topo. Darei todo meu esforço para contribuir para a equipe. Vai Corinthians!”, disse o novo atacante alvinegro em um vídeo divulgado pela TV Corinthians.

Boselli disputa posição com Roger, Jonathas e Gustavol, o Gustagol, que retornou com moral do Fortaleza, depois de ser um dos artilheiros da Série B. O argentino, que assinou por dois anos, com opção de mais um, tem tudo para reforçar bem o setor e, junto com Fábio Carille, Sornoza e Ramiro, solidificar o Corinthians, que buscará um 2019 melhor do que o ano passado.