O meio-campista Tom Cleverley manteve a humildade após ser convocado pelo técnico Fabio Capello para a seleção inglesa, como indicam suas eclarações nesta segunda-feira.

“Apesar de sentir que melhorei na pré-temporada, eu ainda sou o mesmo jogador e a mesma pessoa”, afirmou Cleverley. “Apenas porque estou jogando como titular no Manchester United não me transformou subitamente em um grande jogador”, afirmou.

O jovem, de 22 anos, esteve no Wigan na temporada passada, atuando por empréstimo. Convocado para o amistoso contra a Holanda, que foi cancelado, recebeu nova chance para jogar contra Bulgária e País de Gales pelas eliminatórias.

“É um pouco estranho quando as pessoas estão falando sobre você, mas na minha cabeça eu sou o mesmo jogador que foi emprestado ao Wigan na temporada passada”, disse Cleverley. “A única diferença é que eu estou no Manchester United agora”, declarou.

“Ninguém quer se empolgar demais, mas este é um elenco jovem e é emocionante fazer parte disso”, disse ainda Cleverley. “Alguns de nós, jovens, não sabem como é vencer uma Premier League ainda, mas é aí que a experiência dos outros aparece. Alguns jogadores mais velhos deixaram o clube no verão [europeu], mas nós ainda temos experiência em abundância”, disse o jogador.