Everton e Tottenham ficaram em um empate por 1 a 1 no Goodison Park, neste domingo, em um jogo dramático. E não no melhor sentido, naquele que gostamos, que é o da emoção. Foi da tristeza. Apesar do empate do Everton ter saído nos acréscimos, o sentimento era de tristeza. André Gomes, meio-campista português, tomou um carrinho violento de Heung min Son que quebrou a sua perna. A cena foi horrível e deixou os jogadores dos dois times abalados. O próprio Son, expulso no lance, ficou desesperado quando viu o que aconteceu.

O primeiro tempo foi pouco movimentado. Os dois times criaram pouco e não houve grandes momentos. O segundo foi um pouco mais movimentado, mas menos por qualidades ou criatividade das equipes e mais por um erro individual. Aos 28 minutos, Alex Iwobi errou um passe e deu nos pés de Son. O sul-coreano rapidamente passou para Dele Alli, que driblou a marcação em velocidade e chutou no canto para abrir o placar: 1 a 0.

Dele Ali saiu comemorando com dedo na boca, em sinal de silêncio. Mais do que isso: deitou no gramado e fez sinal como se estivesse dormindo – uma possível resposta aos críticos, já que ele tem jogado mal e tem sido criticado, justamente, neste momento ruim do Tottenham. Além do gol, Dele Alli pouco fez.

Veio então o lance triste do jogo. Minutos antes, André Gomes estava com a bola e abriu os braços, deixando o braço bater na cara de Son. Depois, em um ataque do Everton, quando Gomes recebeu a bola, Son deu um carrinho violento no português. O meio-campista caiu com o pé completamente torto. Para ver como ficou o pé do jogador, avisamos: a cena é muito forte. Se ainda quiser ver, clique aqui.

Uma cena triste e forte, que acabou deixando os jogadores abalados, dos dois times. Son, depois de ver o que tinha acontecido, levou as mãos à cabeça, chorando. Aurier também ficou abaixado, com as mãos na cabeça. A tristeza de ambos era muito grande e os companheiros de Gomes do Everton, ao seu redor, também pareciam muito abalados.

O jogo ficou parado um bom tempo antes de poder ser retomado. O jogo teve 12 minutos de acréscimos para compensar o tempo parado. E aos 97 minutos (52 do segundo tempo), Cenk Tosun, que tinha entrado no segundo tempo, marcou de cabeça após um cruzamento preciso de Lucas Digne da esquerda. O lance, aliás, foi uma bela jogada: o zagueiro Yerry Mina lançou pelo alto pela esquerda para Digne, que de primeira colocou na área. Tosun tocou de cabeça, em uma bola que estava junto com outro atacante, Dominic Calvert-Lewin.

No final, o empate não serve a ninguém. Os dois times continuam em uma situação ruim na tabela. O Everton perigosamente perto da zona do rebaixamento e com o técnico Marco Silva ameaçado. O Tottenham continua no meio da tabela, também com questionamentos em relação aos jogadores e ao técnico Mauricio Pochettino.

Standings provided by Sofascore LiveScore