Depois de inúmeras reclamações e uma batalha que se seguiu durante todo o verão europeu entre o técnico José Mourinho e o diretor esportivo do Manchester United, Ed Woodward, o técnico parece ter ganhado apoio. Segundo informação do jornal Guardian, o português receberá mais de £ 100 milhões para reforçar o time.

LEIA TAMBÉM: Martial chamou o jogo para si e proporcionou uma importante vitória ao United sobre o Everton

O técnico quer um zagueiro e um centroavante para reforçar o elenco. A defesa é um dos pontos fracos identificados por Mourinho e que gerou rusgas com Woodward, que não quis contratar os jogadores indicados pelo técnico, ou por serem caros, ou por não achar que tinha o perfil do clube.

O técnico se interessa por Raphaël Varane, de 25 anos, campeão do mundo pela França e que pertence ao Real Madrid. Além de Varane, Harry Maguire, do Leicester, e Jérôme Boateng, do Bayern de Munique, também interessaram. A diretoria não concordou em trazer nenhum deles, esbarrando em valores ou perfil. Desta vez, não sabemos como será feito, mas a informação é que se um jogador que pode melhorar o elenco estiver disponível, será contratado. A questão é quem fará essa avaliação.

Além da zaga, o ataque é uma preocupação do treinador. A falta de gols de Romelu Lukaku preocupa e o baixo rendimento de Marcus Rashford atuando por ali também. Os dois só marcaram um gol nos últimos nove jogos. Alexis Sánchez poderia ser um jogador que entregasse mais gols, mas não tem rendido. Quem tem ido bem no ataque do United é justamente um jogador que começou a temporada desvalorizado: Anthony Martial, que marcou um gol e sofreu um pênalti na vitória por 2 a 1 sobre o Everton. Foi Woodward que vetou a venda de Martial, que Mourinho planejava para levantar recursos.

“Anthony é um grande jogador e ele precisa entender isso. Ele precisa de mais confiança. Ele ainda é jovem e eu acho que se ele continuar a marcar, no próximo jogo ele terá isso. Se ele chegar ao seu nível máximo, ele pode ser um dos melhores jogadores na liga, com certeza. Às vezes eu não acho que ele entende o quão bom ele é”, disse o volante Nemanja Matic.

“Ele é rápido, ele é bom com a bola, ele pode correr. Ele tem tudo que um bom jogador do Manchester United precisa. Às vezes eu não acho que ele entende isso. Se eu tivesse habilidade coma bola que ele tem e tivesse a velocidade que ele tem, eu não passaria a bola para ninguém e eu marcaria em todos os jogos. Para ser sério, ele precisa de mais confiança e isso vem com resultados”, analisou ainda Matic.

Matic é um dos que já trabalhou com Mourinho em outros clubes, no caso, o Chelsea. E ele disse que falou com o treinador sobre o potencial do atacante Martial. “O português fala com ele sobre isso. E eu disse a ele [o quanto ele pode ser bom]”.

A janela de janeiro costuma ser bem complicada para contratações. Por ser de meio de temporada, os jogadores dificilmente deixam outros clubes grandes. É preciso pagar um valor maior por isso e, assim, é uma questão que pode ser problemática para Mourinho. Por outro lado, pode ser a chance de tornar o time mais próximo do que ele acredita ser o ideal e, assim, não só salvar o seu emprego, mas principalmente fazer o time render mais.