O conselho administrativo do Campeonato Belga recomendou, de forma unânime, o fim imediato da liga. A decisão deverá ser oficializada em 15 de abril, segundo a RMC Sport, coroando o Club Brugge como campeão.

A recomendação aconteceu nesta quinta-feira (2), durante reunião por conferência de vídeo. O conselho administrativo decidiu, com unanimidade, “que não era desejável, qualquer que fosse o cenário, continuar a competição depois de 30 de junho”, esclarecendo que não deseja retomar o campeonato da temporada 2019/20.

A temporada da Jupiler Pro League, nome oficial do Belgão, consiste em uma primeira fase com 30 rodadas e, depois, playoffs: um entre 6 equipes, pelo título; e outro entre 10 equipes, para definição de vagas na Liga Europa. A decisão proposta pelo conselho administrativo, portanto, faz algum sentido, considerando que 29 das 30 rodadas foram disputadas e que o Club Brugge é o líder com 70 pontos, 15 a mais que o segundo colocado, o Gent.

Segundo o jornal belga DH, a final da Copa da Bélgica está mantida. A decisão já está definida: o Brugge enfrenta o Royal Antwerp. Inicialmente, a partida estava marcada para o dia 22 de março. Agora, deverá ser jogada antes de 30 de junho.

Em relação ao acesso e ao rebaixamento, a Pro League irá criar um comitê para decidir sobre os dois finalistas do playoff de promoção à elite, OHL e Beerschot. Já na primeira divisão, o Waasland-Beveren, lanterna do campeonato, desceria para a segundona.

A proposta do conselho de administração agora precisa ser aprovada pela assembleia geral da Pro League, com os 24 clubes profissionais do país se reunindo em 15 de abril para determinar o que acontecerá de fato.

Neste momento, a Bélgica tem 15.348 casos oficiais de infectados por coronavírus, com 1.011 mortes decorrentes da Covid-19.