Você não está nos anos 1990 e sim, é verdade o que você leu no título. A Conmebol anunciou que chegou a um acordo com o SBT para a transmissão da Libertadores de 2020 a 2022. O contrato já vale para a atual temporada, que começou com a Globo. A emissora carioca rescindiu o contrato que ia justamente até 2022, ainda tentou uma renegociação, mas não houve acordo. O canal de Silvio Santos volta às transmissões de futebol, que consagrou o mascote Amarelinho, nas Copas de 1994 e 1998. Além do SBT, Fox Sports e Facebook continuam transmitindo normalmente a competição.

O valor que a Globo pagava pela Libertadores era de US$ 60 milhões por ano no contrato que ia até 2022, algo como R$ 318 milhões na cotação atual, já que o dólar está a R$ 5,30. Assim como a emissora fez com a Fifa, em relação às competições da entidade e ainda não chegou a um acordo, o alto valor do dólar pesou para as negociações. A Globo também deixará de transmitir a F1 em 2021, já que o contrato com a Liberty Media se encerra ao final de 2020 e não houve acordo para renovação.

A Conmebol não revelou qual foi o valor acertado com o SBT para a Libertadores, mas segundo a Máquina do Esporte, o valor é de US$ 15 milhões – um quarto do valor que a Globo pagava, ainda que a emissora carioca também incluísse aí um pacote da TV fechada, que ainda está à venda. Não será a primeira vez que o SBT transmite o torneio. Em 1981, aquele mesmo ano que o Flamengo conquistou o título, a Libertadores foi transmitida pela emissora, que ainda tinha o nome de TVS.

“Temos o prazer de apresentar o SBT como novo detentor dos direitos televisivos da Conmebol Libertadores para o Brasil. Esta aliança nos permitirá levar a emoção da Glória Eterna a mais torcedores no território brasileiro”, disse Juan Emilio Roa, Diretor Comercial da Conmebol, em comunicado da entidade.

“É muito bom poder anunciar esta parceria. Sabemos que o futebol é o esporte mais popular no Brasil e, como somos também uma emissora popular, nada melhor do que podermos voltar às transmissões nacionais com um torneio como a Conmebol Libertadores. Esperamos corresponder às expectativas dos fãs do futebol, do mercado publicitário e de todos aqueles que torcem pelo SBT”, diz José Roberto dos Santos Maciel, CEO do SBT, na nota divulgada pela entidade sul-americana.

O SBT precisará montar uma equipe de transmissão, já que atualmente não tem uma equipe e não tinha direito de nenhum evento esportivo. Segundo o UOL Esporte, a emissora estuda Téo José, atualmente no Fox Sports, do grupo Disney, e André Henning, do Esporte Interativo. Téo José inclusive narrou o Fla-Flu que decidiu o título do Campeonato Carioca nesta temporada, também após a rescisão de contrato da Globo. Mauro Naves, atualmente no Fox Sports, também é cogitado a participar das transmissões.

O contrato do SBT é restrito à TV aberta. Na TV fechada, o grupo Disney pode ampliar o número de jogos que têm direito, via Fox Sports, porque os jogos do SporTV ficaram sem dono desde a rescisão da Globo. A emissora fechada do grupo Globo tinha direito à segunda opções dos jogos de terça-feira e quarta-feira.

O grupo Disney está interessado em ampliar o número de jogos que tem direito. Atualmente, é dono do pacote que inclui a primeira escolha nas terças, os jogos das 19h15 da quarta e o mesmo jogo da TV aberta também na quarta. O Facebook continua com um jogo por semana, que por causa das mudanças do cronograma de jogos, pode não ser exclusivo.

A Conmebol escreve que está muito empolgada com a mudança e é uma novidade que uma TV aberta no Brasil tenha condições de comprar os direitos da competição de maior prestígio na América do Sul. Certamente haverá um impacto. A Conmebol sabe (ou deveria saber) que o SBT não tem o alcance da Globo. Por outro lado, quem quis romper o contrato foi a Globo e a entidade pode aproveitar para negociar os patrocinadores da competição na emissora brasileira, o que é algo que não havia possibilidade na emissora carioca.

Ao SBT, resta saber se a operação irá fechar as contas, porque o preço, ainda que não se saiba quanto foi, não é barato. Há um questionamento em vários lugares do mundo em relação ao custo de direitos de transmissão dos principais campeonatos, o que inclui a Libertadores. Tornar a operação lucrativa é um desafio para qualquer emissora. Caso consiga tornar essa operação lucrativa, o SBT abre um mercado interessante, que a concorrência certamente ficará de olho para também tentar embarcar. Tanto é que a RedeTV negocia para ter os direitos da Sul-Americana, o outro torneio da entidade.

As transmissões já começam no próximo dia 16 de setembro. Serão dois jogos transmitidos: Universidade Católica x Grêmio e Bolivar x Palmeiras, ambos marcados para 21h30, no horário de Brasília. Será que podemos esperar efeitos sonoros do Ratinho para os jogos, quem sabe?