Confusão da arbitragem só não foi maior que golaço de Beñat na vitória do Athletic

Gol, pênalti e impedimento no mesmo lance? O árbitro tornou possível esta confusão, mas no final acertou (provavelmente com interferência externa)

Gol, pênalti ou impedimento? E os três ao mesmo tempo? Aconteceu no jogo do Athletic Bilbao. A vitória por 1 a 0 acabou vindo em um golaço de Beñat, com um chute potente de fora da área. Acabou sendo o lance mais importante do jogo, que deu os três pontos ao cube do País Basco, os seus primeiros no Grupo G da Liga Europa – que, aliás, está bem embolada, com todos os times com três pontos.

LEIA TAMBÉM: Ele não para! Totti dá nova aula no Olímpico e comanda a goleada da Roma

Toda a confusão da arbitragem se deu no primeiro tempo, aos 46 minutos. Um cruzamento de Yeray da direita foi para Iñaki Williams, que estava impedido, e caiu para Aduriz, que também estava. Este segundo foi derrubado pelo goleiro, em uma trombada, e a bola sobrou limpa para Williams tocar para o gol vazio e marcar o gol. Mas não duraria. O gol foi anulado.

A anulação se deu porque o árbitro, Tony Chapron, foi consultar o assistente. A arbitragem decidiu, então, dar o pênalti em Aduriz. Uma decisão errada. O atacante pegou a bola e se posicionou para bater, mas os jogadores do Rapid Viena reclamaram muito do lance.

Antes que o pênalti fosse cobrado – e, portanto, o lance se tornasse irreversível -, o árbitro mudou de decisão de novo. Desta vez, provavelmente por uma interferência externa. Alguém deve ter visto o lance na TV, avisou o árbitro e os assistentes pelo rádio e a confusão estava dada. A decisão final do árbitro Tony Chapron, então, foi anular o gol de Williams por impedimento. No fim, a decisão acabou sendo a correta.

O gol da vitória saiu no começo do segundo tempo. Eram 14 minutos quando Beñat acertou o chute lindo que você vê abaixo. Foi desses golaços que valem rever e deixou o San Mamés em festa. Uma vitória importante para o time Basco, porque tinha perdido do Sassuolo na primeira rodada. Agora, embolou tudo: o Genk, que perdeu do Rapid Viena na estreia, venceu os italianos, que tinham vencido o Athletic. Assim, todo mundo empatou com três pontos.

Na próxima rodada, o Genk recebe o Athletic Bilbao e o Rapid Viena é o mandante contra o Sassuolo. Esperamos que sem uma tamanha confusão na arbitragem – ainda que a decisão, no final, tenha sido a justa.

O golaço de Beñat:

Chamada Trivela FC 640X63