A Liga dos Campeões da Concacaf, mais conhecida pelo seu nome inglês, Concacaf Champions League, é a mais prestigiada competição interclubes das regiões da América Central e do Norte. Sua importância histórica é inegável, sendo o mais antigo campeonato oficial da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (Concacaf).

Extraoficialmente, foi disputado, em 1961, o Campeonato Centro Americano e Caribenho, que não contou com a participação de clubes dos países da América do Norte. O título dessa competição foi conquistado pela Alajuelense, após derrotar, em partidas eliminatórias, Olímpia (HON), Águila (SLV) e Jong Holland (ANT).

A criação da Copa dos Campeões veio em 1962, apenas um ano após a fundação da Concacaf, sendo a primeira competição oficial reconhecida pela entidade. Só o fato de resistir por tanto tempo, em uma região marcada pela constante criação e extinção de torneios, mostra a importância que adquiriu. Isso, claro, não significa que o torneio não passou por grandes dificuldades, mudanças de formato, tamanho e abrangência, desistências, períodos de inatividade e uma rica história que explica, também, boa parte do crescimento e organização administrativa da própria Concacaf.

A grande atratividade do torneio atualmente é a possibilidade de ver frente a frente clubes da Major League Soccer (MLS) e da Liga MX, as duas principais ligas da entidade e que vêm monopolizando as disputas nos últimos anos.

Esse período de domínio, contudo, é recente. Em 47 edições, 27 clubes de nove nações diferentes já sentiram o gosto de levantar o caneco da CCL, como a competição é conhecida hoje. Em uma época em que os campeonatos nacionais recebiam maior atenção por parte dos mexicanos e os times norte-americanos nem mesmo contavam com uma liga duradoura e organizada, clubes caribenhos e centro-americanos estabeleceram reinados na região. A grande valorização da competição teve início com a criação do Mundial de Clubes da FIFA, sendo a CCL a grande chance dos times da região enfrentarem clubes europeus e sul-americanos. Dessa forma, cresceu também o interesse de aztecas e norte-americanos pela competição.

A última grande mudança veio em 2008, com a modernização do nome, formato e período de disputa, com clara inspiração na Champions League europeia. Para fins históricos, entretanto, não desconsideraremos a antiga Copa dos Campeões da Concacaf como parte da história da competição. Confira abaixo um pouco da história da mais importante competição interclubes da Concacaf.

Década de 1960
Década de 1970
Década de 1980
Década de 1990
Década de 2000
2008 a 2012