Concacaf

Cuba sofre com deserções na Copa Ouro, uma história que se repete a cada edição

A campanha de Cuba na Copa Ouro vem  sofrendo com a deserção. Neste sábado, foi revelado que mais um jogador fugiu e deixou o elenco do clube. Desta vez, o atacante Ariel Martínez abandonou a seleção, que já soma quatro jogadores que desertaram.

LEIA TAMBÉM: Estados Unidos golearam Cuba com Dempsey assumindo o protagonismo que se espera

A revelação foi feita na sexta-feira pelo técnico de Cuba, Raul González, em coletiva de imprensa sobre o jogo com os Estados Unidos neste sábado. Martínez jogou todos os jogos de Cuba até aqui, sem ser substituído em nenhum deles.

A deserção aconteceu depois da vitória por 1 a 0 sobre a Guatemala, na quarta-feira. Se acordo com a Univision, Martínez estava com lágrimas nos olhos no ônibus de Cuba depois da partida e “correu rumo à escuridão” logo que o time chegou ao hotel.

Com Martínez, são quatro os jogadores que desertaram. Keiler Garcia fugiu antes mesmo da estreia do time; Arael Arguellez e Dario Suárez deixaram o time durante a fase de grupos. A eles se soma Martínez, antes do jogo das quartas de final. Assim, Cuba fica com 19 jogadores para o jogo com os Estados Unidos neste sábado.

LEIA TAMBÉM:A reaproximação na política deixou Cuba e EUA de lados opostos no futebol

Tristemente, esse tipo de episódio é comum em times esportivos de Cuba, incluindo os times de futebol. Em 2007, Osvaldo Alonso fugiu para viver nos Estados Unidos. Conseguiu e virou jogador de futebol, atuando pelo Seattle Sounders. Em 2013, Matheus Laboissière contou como a fuga de atletas mina a seleção nacional cubana, em diversos casos. Algo que, mesmo com a aproximação dos Estados Unidos de Cuba, ainda parece longe de acabar.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.