O atacante Zlatan Ibrahimovic segue muito bem nesta temporada e chegou ao seu quarto gol pelo Los Angeles Galaxy na MLS. Desta vez, no jogo de sexta à noite contra o Vancouver Whitecaps, no Canadá. A vitória por 2 a 0 teve a participação direta do atacante sueco nos dois gols.

O gol de Ibra, recebeu um cruzamento, matando no peito e limpando antes de disparar para marcar é, segundo o técnico do Vancouver Whitecaps, Marc dos Santos, um gol típico do sueco. “O único jogador que pode marcar esse gol na MLS é Ibra”, afirmou o treinador, depois do jogo. “O modo como ele domina no peito aquela bola, eu não vejo outro jogador na liga marcando esse tipo de gol”.

Foi o quarto gol em três jogos de Ibrahimovic pelo Galaxy nesta temporada, além de uma assistência. A assistência, aliás, foi justamente neste jogo contra o Vancouver Whitecaps, com um cruzamento que encontrou Daniel Steres na segunda trave para cabecear. Em cinco jogos até aqui, o Galaxy tem quatro vitórias, além de uma derrota.

Na temporada passada Ibrahimovic não foi até Vancouver, então foi a primeira vez que o público local teve a chance de assistir ao astro em campo. Até por isso, houve aplausos ao jogador, algo que incomodou o brasileiro Felipe Martins, do Vancouver. “Eu acho que é um pouco triste, porque é para ele e devia ser para nós, porque nós estamos jogando em casa, não importa quem venha aqui. Tem que vir para nos apoiar, e mais do que tudo para nós, não para o adversário”, disse. E quem pode discordar dele?

Nascido em Engenheiro Beltrão, Felipe Martins tem 28 anos e sempre atuou fora do país, apesar de ser fruto das categorias de base do PSTC. Jogou por Padova, da Itália; Winterthur, Lugano e Wohlen, os três da Suíça; e chegou à MLS em 2012 para defender o Montreal Impact, outro time canadense da liga. De 2015 a 2017 jogou pelo New York Red Bulls e desde 2017 defende o Vancouver Whitecaps.