Maximiliano Pariente ainda dá os seus primeiros passos nas categorias de base, mas já se tornou um dos jogadores mais comentados do Newell’s Old Boys. Difícil dizer o quanto o garoto de 10 anos vai perseverar no futebol. No entanto, é possível concordar que seu futuro como orador e líder parece brilhante. Antes de uma decisão com os leprosos na ‘décima divisão’, o jovem tomou o centro da roda para falar. Apresentou uma maturidade e uma energia a fazer inveja a muitos veteranos. Pediu o comprometimento por todo o trabalho do ano e amor à camisa. Impossível não se render à paixão do garoto. E, ao final, ele pôde erguer a taça, com o Newell’s saindo campeão: