Brian Clough acirrou um clássico, mas também uniu rivais em torno de sua lenda

Ídolo de Derby County e Nottinham Forest, o técnico possui um troféu disputado a cada clássico em sua homenagem

“O rio Trent é adorável. Eu sei disso porque tenho caminhado sobre ele há décadas”. A frase de Brian Clough diz um bocado sobre suas façanhas como treinador, mas vai além, trazendo também referências sobre geografia e futebol. O Trent é um dos principais rios do norte da Inglaterra, passando por Derby e Nottingham. Cidades vizinhas que compõe a mesma região metropolitana e formam uma das principais rivalidades do país. Porém, que também compartilham entre si a adoração pelo treinador, capaz de levar Derby County e Nottingham Forest às suas maiores glórias. Não à toa, as duas localidades têm estátuas da lenda. E a estrada que liga ambas chama justamente Brian Clough Way.

Clough transformou a história do Dérbi de East Midlands a partir da década de 1960. O ex-artilheiro do Middlesbrough assumiu o comando do Derby County em 1967, levando o time da segunda divisão ao título do Campeonato Inglês. Entretanto, a idolatria não bastou para evitar os conflitos do técnico com a diretoria, o que encerrou sua passagem pelo clube em 1973. Quatro anos depois, Clough chegou ao Nottingham Forest. Para repetir a façanha e ir além. O treinador também levou os alvirrubros da segunda divisão ao topo da Inglaterra, assim como da Europa, com o bicampeonato da Champions. Permaneceu 18 anos no City Ground, até se aposentar em 1993. Deixou um legado imenso.

VEJA TAMBÉM: 20 frases inesquecíveis de Brian Clough nos 10 anos sem o técnico lendário

A rivalidade entre Derby County e Nottingham Forest, no entanto, é bastante anterior aos trabalhos de Clough. O primeiro confronto entre os vizinhos separados por 14 milhas ocorreu em 1892. Até o início do Século XX, eram adversários costumeiros na primeira divisão inglesa, até se alternarem em diferentes níveis. Contudo, não dá para negar a influência do técnico para que os ânimos se acirrassem bem mais. A mudança para Nottingham criou uma crise de ciúmes entre os torcedores do Derby. E, graças a Clough, os encontros na elite se tornaram bem mais frequentes a partir dos anos 1970, como não acontecia desde a virada do século.

Após a aposentadoria do treinador, ambos os clubes souberam reconhecer a sua herança. Tanto que, a partir de 2007 (três anos após o falecimento do veterano), Derby County e Nottingham Forest começaram a realizar o Brian Clough Trophy. A disputa aconteceu pela primeira vez em um amistoso beneficente de pré-temporada, vencido pelos Rams por 2 a 0. Desde então, todas as vezes que os clubes se enfrentam, o vencedor leva a taça para casa. Das 16 oportunidades em que o prêmio esteve em jogo, foi vencido pelo Derby County em 11.

A amizade entre os clubes, todavia, não livra o clássico dos episódios de violência. O momento mais tenso aconteceu em 2009, quando o Derby County contratou o técnico Nigel Clough (filho de Brian) e o ídolo dos rivais Kris Commons, enquanto o Forest também fechou com uma série de reforços que já haviam atuado pelos Rams. Os dois clubes se enfrentaram por duas vezes na Copa da Inglaterra, com a classificação do Derby County após dramática vitória por 3 a 2. E a comemoração do meio-campista Robbie Savage, girando um cachecol em frente à torcida do Forest, foi entendida como provocação, servindo de pretexto para brigas fora do estádio. Sete meses depois, o Forest venceu o clássico e Nathan Tyson revidou o gesto com a bandeirinha de escanteio, em ato que também terminou em pancadaria em campo.

VEJA TAMBÉM: Clássico entre Derby e Nottingham Forest teve homenagem aos 10 anos da morte de Clough

Nos últimos anos, ao menos, os adversários têm se respeitado mais dentro e fora de campo. Na última temporada, o clássico contou com uma homenagem especial a Clough, nos dez anos de sua morte. A foto do treinador foi exibida no telão do City Ground, enquanto os torcedores de ambos os lados aplaudiram o velho ídolo no décimo minuto de jogo. Já nesta sexta, ambos voltam a se encontrar pela segunda divisão inglesa. Enquanto o Derby County luta pelas primeiras posições, o Forest aparece ameaçado pelo rebaixamento. Mas, independente da fase, ambos interessados em honrar a memória de Brian Clough e levar para casa o troféu que leva o seu nome.