Neste sábado, o empate sem gols entre Sporting e Benfica antecipou a confirmação do 28º título do Porto no Campeonato Português. E o Dragão festejou da melhor maneira possível: já se divertindo no sábado, com provocação aos arquirrivais benfiquistas, e cumprindo a obrigação que lhe restava na penúltima rodada da Primeira Liga, fazendo 2 a 1 no Feirense e chegando aos 85 pontos.

A comemoração no sábado começou tão logo terminou o jogo entre Encarnados e Leões no José Alvalade. E com os jogadores celebrando junto à torcida no Porto, um coro ficou popular: alfinetando o fracasso benfiquista na busca do pentacampeonato luso, os atletas portistas cantaram “Penta Ciao” – paródia de “Bella Ciao”, a canção revolucionária italiana antifascismo que voltou a ser popular pela inclusão na série “La casa de papel”.

De pouco adiantaria em caso de tropeço contra o Feirense, neste domingo. Mas o Porto manteve a animação dentro de campo: Sérgio Oliveira fez 1 a 0 ainda no primeiro tempo, e Yacine Brahimi encaminhou definitivamente a vitória no segundo tempo. José Valencia ainda diminuiu para o Feirense nos acréscimos, mas a festa portista já estava em polvorosa. Como começara no sábado. E como continuará, por algum tempo.