As Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 atravessam sua segunda fase na Ásia, mas já com diversas partidas decisivas. Apenas o líder de cada grupo possui vaga garantida na próxima etapa, enquanto somente quatro dos oito vice-líderes passarão. Assim, diversos jogos neste momento já ganham um peso enorme. E a Arábia Saudita arrancou um resultado excelente nesta quinta, ao visitar seu principal concorrente no Grupo D, o Uzbequistão. Os sauditas venceram por 3 a 2, de virada e com um gol aos 45 do segundo tempo. Pintura de Salem Al-Dawsari.

Após empatar nos duelos fora de casa contra Palestina e Iêmen, a Arábia Saudita entrou em campo pressionada. Uma derrota poderia permitir que o Uzbequistão abrisse quatro pontos de vantagem na liderança. Por isso mesmo, o triunfo valeu demais aos sauditas. Os uzbeques inauguraram o placar com Eldor Shomurodov, aproveitando uma lambança da defesa adversária, antes que Salman Al-Faraj empatasse no primeiro tempo. Já no início da segunda etapa, Otabek Shukurov voltou a colocar os anfitriões em vantagem. A reação dos árabes ficaria aos cinco minutos finais.

O novo empate foi assinalado pelo próprio Al-Faraj, aos 40 do segundo tempo, num chutaço que desviou no meio do caminho. Arrancar um ponto já era bem-vindo, mas não o melhor cenário à Arábia Saudita. Por isso mesmo, Salem provou por que é considerado o craque do time. Livrou-se de dois marcadores com um só corte e, do bico da grande área, desferiu um chute por cobertura magistral. Golaço, que garantiu uma efusiva comemoração dos sauditas. Já é Copa do Mundo na Ásia.

Com oito pontos, a confiança da Arábia Saudita cresce para a segunda metade do Grupo D. A equipe fará seus três jogos mais difíceis em casa e visitará apenas Singapura. Já o Uzbequistão precisará correr atrás do prejuízo, em chave que deve ter a Palestina como principal adversária pela segunda colocação. Vale lembrar que a terceira fase já definirá os quatro primeiros asiáticos (além do Catar) classificados ao Mundial, com dois hexagonais paralelos.

.