Com um gol aos 45 do 2° tempo na rodada final, o Raja tirou a taça das mãos do Wydad e garantiu um título inesquecível

O Campeonato Marroquino 2019/20 teve seu desfecho adiado por conta da pandemia e apenas neste domingo concluiu sua temporada. No entanto, a competição proporcionou uma decisão inesquecível aos dois principais clubes do país, os rivais Raja e Wydad. A dupla de Casablanca chegou ao último dia do torneio viva na briga pelo título, com um ponto deixando os alviverdes em vantagem – e o RS Berkane correndo por fora. No fim das contas, o Raja levou a taça, mas só depois de minutos cardíacos no término dos jogos paralelos. Fora de casa, o Wydad marcou o gol que ia dando o troféu aos 43 do segundo tempo. Já aos 45, o Raja virou sua partida e se coroou da maneira mais épica possível, com o triunfo por 2 a 1 sobre o FAR Rabat.

A rodada começou com o Raja Casablanca na liderança, somando 57 pontos. O Wydad vinha com 56 e o RS Berkane tinha 54. Se havia a impressão de que a competição estava aberta, o caminhar dos jogos aumentou essa noção. Ao final do primeiro tempo, os três concorrentes somavam 57 pontos. O Raja perdia para o FAR Rabat dentro de casa por 1 a 0. O Wydad saiu atrás na visita ao FUS Rabat, mas buscou o empate por 1 a 1. Já o RS Berkane vencia o Safi por 1 a 0, também longe de seus domínios. Com o empate triplo, o Berkane levava a melhor no confronto direto com os gigantes de Casablanca e ia assegurando a taça.

O Raja se tornou o virtual campeão aos 17 do segundo tempo, quando empatou o jogo contra o FAR Rabat. Abdelilah Hafidi arriscou de fora da área e a bola desviou no meio do caminho, tirando o goleiro da jogada. O cenário permaneceu inalterado até os 43 do segundo tempo. Naquele momento, o Wydad buscou a vitória por 2 a 1 sobre o FUS Rabat, com um tento de Zouheir El Moutaraji. Mas a alegria não duraria muito. Aos 45, saiu o gol heroico do Raja. O veterano Mohsine Moutouali cruzou da direita e a bola passou por todo mundo. Livre no segundo pau, Hafidi fuzilou e determinou a virada por 2 a 1.

O Raja Casablanca terminou a competição com 60 pontos, um a mais que o Wydad. Já o RS Berkane ficou com 57, preservando a vitória por 1 a 0. Uma pena que as arquibancadas do Estádio Mohamed V, palco de festas belíssimas da torcida alviverde, estivessem vazias. Para homenagear os torcedores, o elenco subiu às tribunas para a celebração – como mostra a foto que abre o texto. Apesar das recomendações contrárias das autoridades sanitárias, porém, as ruas se encheram na comemoração do título – uma conquista instantaneamente histórica.

Este foi o 12° título do Raja no Campeonato Marroquino, encerrando um jejum de sete anos – a conquista anterior foi justamente a que levou os alviverdes ao Mundial de Clubes em 2013. Maior campeão, o Wydad soma 20 taças e tinha faturado três das últimas cinco edições da liga. As duas equipes seguem vivas ainda na Champions Africana, em semifinais que ocorrerão nas próximas duas semanas. O Raja pega o Zamalek, enquanto o Wydad mede forças com o Al-Ahly.

https://www.youtube.com/watch?v=K_n0eN9o8h8