A Copa do Brasil será retomada apenas depois da Copa América. Ainda assim, a CBF realizou o sorteio das fases finais do torneio nesta segunda-feira. A entidade definiu não apenas quais serão os confrontos das quartas de final, mas também os cruzamentos nas semifinais. Como era de se esperar, diante dos classificados, os duelos de peso rechearão a sequência do torneio.

As maiores atenções se concentram sobre o clássico entre Atlético Mineiro e Cruzeiro. Será o segundo embate entre os rivais no torneio, após a decisão de 2014. A chance para o Galo tentar interromper o atual bicampeonato da Raposa. O mineiro que sobreviver pegará outro adversário cascudo, Internacional ou Palmeiras. Gaúchos e paulistas mediram forças outras duas vezes na Copa do Brasil. Os colorados avançaram nas semifinais de 1992, enquanto os palmeirenses deram o troco nas oitavas de final de 2017.

Do outro lado, Flamengo e Athletico Paranaense voltam a se encarar, em reedição da final de 2013. Os cariocas se deram melhor naquele único confronto pela Copa do Brasil, com Elias e Hernane Brocador brilhando na vitória decisiva. O vencedor pegará Bahia ou Grêmio, o duelo mais frequente entre os quatro que se desenharam neste momento. Foram três encontros, todos eles pendendo aos gremistas: nas quartas de final de 1989, na primeira fase de 2005 e nas quartas de final de 2012. Os baianos venceram apenas um e perderam cinco desses jogos.

Abaixo, o cruzamento. Bahia, Flamengo, Atlético Mineiro e Inter jogam a volta em casa: