O Fenerbahçe ficou com um jogador a menos e saiu atrás no placar, mas, mesmo assim, conseguiu arrancar o empate por 1 a 1 no grande clássico do país, e atrapalhar a busca do Galatasaray pelo título do Campeonato Turco.

O Fenerbahçe tem apenas três derrotas nos últimos 15 jogos e conseguiu abrir seis pontos de vantagem para a zona de rebaixamento, a seis partidas do fim. Ainda não está salvo, mas em situação razoável. Enquanto isso, o Galatasaray briga com o Istambul Basaksehir pelo caneco e, com o empate no clássico, ficou a cinco pontos de distância.

A partida foi marcada por uma série de entradas duras e oito cartões amarelos, além de um vermelho, no final do segundo tempo, para Hasan Kaldirim, do Fenerbahçe. Diagne sairia livre para dividir a bola com o goleiro Harun Tekin, mas a arbitragem viu um toque de Kaldirim, que derrubou o senegalês. A primeira decisão foi de cartão amarelo. Com a revisão pelo vídeo, mudou a cor para vermelho.

Com um a mais, o Galatasaray naturalmente atacou mais no segundo tempo, mas conseguiu abrir o placar apenas aos 21 minutos, quando Feghouli cruzou da direita e Onyekuru apareceu na segunda trave para cabecear. Mesmo em situação bem adversa, o Fenerbahçe conseguiu salvar um ponto, com um belo gol de empate. Dirar cruzou rasteiro da esquerda, Soldado fez o corta-luz e Eljif Elmas, depois de um belo domínio, completou para as redes.

.