O Atheltic Bilbao ficou com um jogador a menos no segundo minuto das oitavas de final da Copa do Rei contra o Tenerife, nesta terça-feira, e chegou a estar perdendo até o começo da etapa final, mas conseguiu arrancar o empate, apesar da desvantagem numérica e, depois de uma prorrogação muito movimentada que levou o placar final a 3 a 3, avançou às quartas de final na disputa de pênaltis.

Depois de um erro na saída de bola, o goleiro Iago Herrerín saiu do gol para interceptar uma arrancada de Shaquell Moore e trombou com o jogador do Tenerife, na entrada da área. O árbitro Pablo Fuertes não hesitou em mostrar o cartão vermelho. Gaizka Garitano imediatamente trocou Unai Núñez pelo terceiro goleiro Jokin Ezkieta.

Aos oito minutos, Joselu abriu o placar para o Tenerife, cobrando pênalti, mas Iñaki Williams empatou, aos 17. Joselu voltou a marcar, após boa jogada construída pela esquerda, e o Tenerife chegou ao intervalo em vantagem.

O gol que o Athletic precisava para pelo menos empatar a partida não demorou para aparecer, assim que o segundo tempo começou. Iñaki Williams, aos nove, aproveitou um erro de saída de bola do Tenerife, dominou a bola e arrancou até sair na cara do goleiro Adrián Ortolá. Tocou no canto e fez 2 a 2.

A situação ficou um pouco melhor para o Athletic quando Carlos Ruiz recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, no começo da prorrogação, mas voltou a parecer desesperadora com o pênalti cometido por Íñigo Lekue em Matías Nahuel. Dani Gómez cobrou e fez 3 a 2.

Aos 13 minutos do segundo tempo da prorrogação, o lateral Yuri acertou um chute cruzado e rasteiro no canto de Ortolá e levou a partida para os pênaltis.

Da marca do cal, o Athletic foi mais competente. Acertou suas três primeiras cobranças, com Raúl García, Iker Muniain e Mikel Vesga. O Tenerife fez duas, com Aitor Sanz e Matías Nahuel, mas Joselu, autor de dois gols na partida, parou nas mãos de Ezkieta.

Ortolá defendeu o chute de Iñigo Martínez com a perna e manteve o Tenerife vivo na disputa, mas Moore acertou o travessão e Asier Villalibre confirmou a classificação do Athletic.

.

.