A Argentina conseguiu uma vitória por 2 a 1 sobre o Peru, pela segunda rodada do Sul-Americano sub-20, contando com a sorte. O time marcuo um gol no começo da partida, sofreu o empate e, quanto tinha um a menos, conseguiu o gol que deu a vitória à equipe.

Logo a dois minutos de partida, a Argentina abriu o placar. Em cruzamento para a área, o atacante Funes Mori, do River, tocou de cabeça para marcar 1 a 0.

Depois do gol, porém, a Argentina pouco ameaçou o gol adversário. O Peru, jogando em casa, atacou mais. Em quatro oportunidades, o time chegou perto de marcar, mas foi ineficiente.

No segundo tempo, a Argentina cadenciava o jogo, enquanto o Peru tentava atacar, mas sem ter um meio-campo criativo. Assim, os lances peruanos passavam de lançamentos diretos a tentativas de tabela pelo meio, o que facilitava para a defesa argentina.

O Peru era melhor, tinha mais atacantes em campo, mas o gol saiu de um zagueiro e de escanteio. Alexander Callens, de cabeça, completou o cruzamento de Dangel Ojeda e não deu chances ao goleiro Esteban Andrada.

O gol veio em um momento que a Argentina preocupava-se apenas em defender-se, enquanto o Peru tinha a pretensão de atacar. Por isso, o quadro do jogo não mudou: era o Peru que tomava a iniciativa de atacar.

Aos 30 minutos, o lateral esquerdo Nicolás Tagliafico deu uma entrada dura em Giovany Morales e acabou expulso. A situação da Argentina ficava mais difícil. O Peru, com quatro atacantes, pressionava.

Em cruzamento da direita para a área de Rodrigo Battaglia, Ferreyra Jussiel ajeitou de cabeça e Bruno Zuculini bateu de pé canhoto para marcar 2 a 1 para a Argentina, resultado que deu a vitória ao time, aos 41 minutos.

Aos 47 minutos, o Peru chegou perto de empatar. Em jogada pela esquerda, Morales tocou com categoria por cima do goleiro, mas a zaga argentina salvou em cima da linha.

Com o resultado, a Argentina lidera o Grupo A com quatro pontos e os peruanos permanecem sem pontuar.