A Inglaterra levará para a Eurocopa um jogador que há um ano era um mero desconhecido dos próprios ingleses. Marcus Rashford, 18 anos, está na lista final de convocados do técnico Roy Hodgson.

LEIA MAIS: Na virada espetacular sobre a Alemanha, Inglaterra mostra que tem opções de sobra no ataque

Aliás, as opções de ataque do treinador inglês são fartas. A camisa 9 ficou com Harry Kane, a camisa 10 com Wayne Rooney e a 11 com Jamie Vardy. São três excelentes opções, embora só os dois primeiros devam ser titulares. E não para por aí. Daniel Sturridge também está na lista. Vestirá a camisa 15, assim como no Liverpool. Isso tudo, claro, além de Rashford.

A alegria do garoto do Manchester United contrasta com a tristeza do meio-campista Daniel Drinkwater, do Leicester. Ele foi um dos cortados da lista final. O meio-campista, de 26 anos, foi um dos jogadores que ajudou os Foxes a terem uma temporada brilhante que culminou no título.

Quem também foi cortado foi Andros Townsend, do Newcastle. Tanto ele quanto Drinkwater foram cortados após o treinamento desta terça-feira, em uma conversa cara a cara com o técnico Hodgson.

Veja:

Goleiros: Joe Hart (Manchester City), Tom Heaton (Burnley) e Fraser Forster (Southampton);

Defensores: John Stones (Everton), Nathaniel Clyne (Liverpool), Chris Smalling (Manchester United), Ryan Bertrand (Southampton), Kyle Walker (Tottenham), Gary Cahill (Chelsea) e Danny Rose (Tottenham);

Meio-campistas: Adam Lallana (Liverpool), Dele Alli (Tottenham), Jordan Henderson (Liverpool), Raheem Sterling (Man City), Ross Barkley (Everton), Eric Dier (Tottenham), Jack Wilshere (Arsenal) e James Milner (Liverpool);

Atacantes: Jamie Vardy (Leicester City), Marcus Rashford (Man Utd), Wayne Rooney (Man Utd), Daniel Sturridge (Liverpool) e Harry Kane (Tottenham).


Os comentários estão desativados.