O Burnley vinha de quatro derrotas seguidas pela Premier League, aproximando-se perigosamente da zona de rebaixamento, mas conseguiu uma importantíssima virada por 2 a 1 contra um Leicester que vai perdendo o fôlego, graças a gols de Chris Wood e Ashley Westwood e de pelo menos três defesas cruciais de Nick Pope, incluindo em um pênalti de Jamie Vardy.

O time de Sean Dyche, técnico mais longevo da primeira divisão inglesa ao lado de Eddie Howe, do Bournemouth, tem dado sinais de desgaste nesta temporada e havia vencido apenas duas vezes nas últimas nove rodadas, com sete derrotas.

No entanto, o Leicester de Brendan Rodgers, sensação da temporada, brigando pela segunda posição com o Manchester City, também não está em sua melhor fase e ficou a três pontos do atual bicampeão depois de derrotas consecutivas para times da parte de baixo da tabela. Antes do Burnley, havia perdido para o Southampton.

Logo no primeiro minuto, poderia ter aberto o placar, mas Harvey Barnes bateu muito fraco e facilitou a defesa de Pope. Em jogada característica, Vardy recebeu o passe de Ricardo Pereira por trás da defesa e chegou a driblar Pope, mas perdeu o ângulo. Achou Maddison dentro da área, e o meia inglês não conseguiu o domínio.

Aos 33 minutos, o Burnley havia adiantado suas linhas para sair jogando quando Dennis Praet desarmou Jack Corck. Barnes recolheu e aproveitou que os adversários recuavam para chegar à área. Deu a volta em Ben Mee e chutou forte de perna direita. A bola ainda bateu na perna de Pope antes de entrar.

Antes do intervalo, Ayoze Pérez quase ampliou para o Leicester, mas seu cabeceio, em cobrança de falta de Maddison, foi muito alto. O segundo gol quase saiu nos primeiros minutos da etapa final, após linda troca de passes do Leicester, mas o chute de canhota de Praet, colocado, no canto, foi bem defendido por Pope.

O Burnley começou a abrir as asinhas logo em seguida, quando Chris Wood cabeceou com perigo, e empatou, aos 10. Ben Mee completou a o escanteio da direita e exigiu linda defesa de Schmeichel, que cortou em cima da linha. Chris Wood pegou o rebote e empatou.

Oito minutos depois, Barnes colocou na frente e estava ganhando de Mee, que tentou dividir e acabou derrubando-o por baixo. Vardy cobrou o pênalti, mas Pope defendeu. No rebote, Ricardo Pereira bateu cruzado e Barnes quase conseguiu completar na segunda trave.

Pope fez a terceira intervenção crucial, aos 23, quando Vardy escapou pela esquerda e bateu forte. O goleiro inglês, de pé, sequer se mexeu e deixou a bola bater nele. Logo na sequência, Taylor cruzou da esquerda, Evans errou o corte e Ashley Westwood encheu o pé para concretizar a virada do Burnley, que espera que ela dê início a uma recuperação para voltar a uma posição confortável na tabela.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.