A imprensa estava tratando o confronto entre Paysandu e Remo, deste domingo (25), como o “Re-Pa do século”. Seria o confronto mais decisivo em campeonatos nacionais entre as equipes desde a Copa João Havelange de 2000, quando disputaram o terceiro lugar do módulo amarelo do torneio. Valia uma vaga às quartas de final da Série C, na briga pelo acesso à segunda divisão. Com o empate em 1 a 1, o Remo ficou pelo caminho, e o Paysandu avançou para a próxima fase.

A tabela agraciou o campeonato com um Re-Pa na rodada final. Um empate classificava o Paysandu, enquanto o Remo precisava vencer para não depender de uma combinação de resultados.

Logo aos seis minutos de jogo, Wesley foi ferozmente para cima da zaga do Paysandu, que tentava sair jogando, roubou a bola e mandou uma bomba para o gol. Mota espalmou como deu, mas o mesmo Wesley pegou o rebote para fazer 1 a 0 para os azulinos.

No segundo tempo, o Bicolor foi atrás do empate com Vinícius Leite, que havia entrado na volta do intervalo. O jogador acertou um chute fortíssimo de fora da área e acertou o canto direito inferior do gol do Remo para fechar o jogo em 1 a 1 aos 28 da etapa final.

O resultado classificou o Paysandu como quarto colocado do Grupo B, com os mesmos 28 pontos de Ypiranga (1º), Juventude (2º) e São José (3º). Com isso, o Papão da Curuzu enfrenta nas quartas de final o Náutico, que venceu um rival e também o eliminou para garantir sua própria classificação.

Confira os confrontos das quartas de final da Série C abaixo:

  • Náutico x Paysandu (2º jogo em Recife)
  • Sampaio Corrêa x São José (2º jogo em São Luís)
  • Juventude x Imperatriz (2º jogo em Caxias do Sul)
  • Ypiranga-RS x Confiança (2º jogo em Erechim)