A Roma era a grande anti-Juve na temporada. Desde o começo, pareceu ser o único time capaz de competir com a atual tricampeã pelo scudetto. Ao longo da temporada, isso ficou para trás, a Juventus disparou e o que ficou em jogo foram as vagas para a Champions League. Neste domingo, na 30ª rodada, a Roma deixou a segunda posição. Ficou em um empate por 1 a 1 com o Torino fora de casa, enquanto a Lazio atropelou o Empoli por 4 a 0 na capital italiana, com mais uma grande atuação do brasileiro Felipe Anderson. Agora os laziales estão em segundo lugar e com boas perspectivas de voltarem à Champions League, competição que não participam há sete anos.

LEIA TAMBÉM: Rebaixado e falido, Parma mostrou que não eram favas contadas contra a Juventus

O time de Stefano Pilo não deu qualquer chance ao Empoli, que briga contra o rebaixamento. Logo aos quatro minutos, marcou 1 a 0 com Stefano Mauri, em passe de Luis Pedro Cavanda, lateral direito que teve uma grande atuação. Tanto que aos 31 minutos, foi novamente Cavanda quem cruzou para Miroslav Klose completar e ampliar para 2 a 0. O terceiro gol, aos 44 minutos, foi de Antonio Candreva, em passe de Lucas Biglia. No segundo tempo, Felipe Anderson, em jogada individual, fechou a conta em 4 a 0.

A vitória leva a Lazio a 58 pontos, um a mais que a Roma, com 57. O Napoli, que venceu a Fiorentina por 3 a 0 em casa, chega ao quarto lugar com 50 pontos, um a mais justamente que a Fiorentina. Os três primeiros colocados se classificam à Champions League. Os dois primeiros na fase de grupos, o terceiro na fase preliminar.

A Lazio não disputa a Champions League desde a temporada 2007/08, quando caiu ainda na primeira fase da competição. Seria a consagração de Felipe Anderson e a volta de jogadores como Stefano Mauri, o capitão do time, e Miroslav Klose, veteranos que já disputaram a maior competição de clubes da Europa. Também seria um prêmio pela ótima temporada do selecionável Antonio Candreva, convocado frequentemente para a seleção italiana.

Klose comemora o gol pela Lazio  (AP Photo/Gregorio Borgia)
Klose comemora o gol pela Lazio (AP Photo/Gregorio Borgia)