O Santos venceu um jogo difícil no Peru ao bater o Juan Aurich por 3 a 1. Jogando em gramado artificial, o time saiu perdendo, mas conseguiu igualar a correria do time peruano para virar ainda no primeiro tempo e conquistar um bom resultado.

Em um início de jogo baseado na força e na velocidade, aproveitando que o Santos entrou cauteloso na partida, o Juan Aurich fez 1 a 0. Aos 14 minutos, Kahan cruzou para Tejada, que se livrou da marcação de Durval e chutou forte de pé direito para vencer o goleiro Rafael.

O alvinegro da Vila Belmiro sentiu o gol nos minutos seguintes, com os peruanos tentando capitalizar em cima da apatia dos santistas. Só que aos poucos o time de Muricy Ramalho conseguiu se acalmar, colocar a bola no chão e também jogar em velocidade para colocar o Juan Aurich em perigo.

O time chegou ao gol do empate jogando pelas laterais. Juan chegou pela esquerda, cruzou para Borges, mas o atacante não alcançou. O uruguaio Fucile entrou na área como centroavante para completar para o gol: 1 a 1, aos 35 minutos.

Quatro minutos depois, veio a virada santista. Neymar sofreu falta na entrada da área. O próprio atacante ficou na bola para cobrar, mas quem bateu foi Paulo Henrique Ganso, que pegou o goleiro mal Penny mal posicionado e colocou no ângulo. O arqueiro peruano ainda chegou na bola, mas espalmou para dentro. O Santos deixou o primeiro tempo em vantagem.

No segundo tempo, melhor postado em campo e mais habituado ao jogo do adversário, o Santos fez valer a qualidade técnica do time para tentar tocar a bola. O Juan Aurich marcava bem e Neymar pouco conseguia fazer. O camisa 11 do Peixe recebia muitas faltas e logo depois do zagueiro Guadalupe receber cartão por falta no atacante, fez outra falta no volante Arouca e foi expulso.

Com um a mais, o Santos aproveitou para ampliar o placar. Ganso, em boa partida, recebeu passe e tocou de primeira para colocar Borges em uma grande oportunidade para marcar. O camisa 9 do Peixe não desperdiçou: chutou na saída do goleiro, a bola desviou, pegou na trave e entrou.

Neymar continuava bem marcado, mas em um lance que teve espaço, o atacante conseguiu fazer o lance e encheu o pé na trave. Faltou pouco para o jogador guardar o seu. O time gastou o tempo, jogando com inteligência nos últimos minutos da partida. 

A vitória leva o Santos a seis pontos, mesma pontuação do Internacional e The Strongest. Na próxima rodada, o Santos recebe o time peruano na Vila Belmiro, no dia 22 de março. O Internacional visita The Strongest na Bolívia um dia antes, no dia 21.