Perder um clássico como o Schalke 04 perdeu para o rival Borussia Dortmund no retorno da Bundesliga. O problema ainda maior é que o time não mostrou reação e, neste segundo jogo depois do retorno do Campeonato Alemão, o time novamente perdeu, e por 3 a 0 para o Augsburg. Uma atuação terrível, mesmo no retorno ao seu estádio, a Veltins-Arena.

O time do técnico David Wagner esperava ter a sua primeira vitória neste retorno do Campeonato Alemão. Só que não foi bem o que aconteceu. Com uma atuação fraca, especialmente na defesa, os Azuis Reais comprometeram o seu jogo, falharam demais e ainda mal conseguiram atacar com eficiência.

Embora tenha chutado mais do que o Augsburg no jogo, 12 a 9, só dois chutes foram certos, ou seja, acertaram o gol. Outros oito chutes foram bloqueados e dois foram para fora. O Augsburg, por sua vez, chutou nove vezes, mas acertou sete no alvo, teve um chute bloqueado e um para fora.

O primeiro gol do jogo saiu logo no começo do jogo, aos seis minutos. Eduard Lowen fez uma cobrança de falta magnífica, acertou o ângulo e deixou o goleiro Markus Schubert sem ter o que fazer para defender: 1 a 0 para o Augsburg.

Depois do primeiro, como como era esperado, o Schalke era quem dominava a bola e tentava fazer algo. O domínio da bola não significava levar perigo, porém. Só uma chance de gol foi criada pelo time da casa. A melhor jogada foi de Rabbi Matondo, que usou a sua velocidade para ganhar dos marcadores, entrou na área, mas parou no goleiro Andreas Luthe.

No segundo tempo, mesmo ganhando o jogo e fora de casa, quem partiu para cima foi o Augsburg. Florian Niederlechner obrigou o goleiro Markus Schubert a uma grande defesa. O goleiro do Schalke foi novamente acionado em uma cobrança de falta de Philipp Max. O Schalke, então, perdeu uma chance clara de gol com o atacante Michael Gregoritsch.

Os erros defensivos do Schalke começaram a custar caro. Sané fez um corte de cabeça errado, a defesa não conseguiu cortar e Noah Joel Sarensen Bazee aproveitou, se antecipando, e avançou para dentro da área, ajeitou e chutou bonito, colocado, marcando mais um belo gol para o Augsburg.

Já no apagar das luzes, com o Schalke abatido em campo, mais um erro grotesco. Sané tocou para Levent Marcan, que dominou mal e viu Sergio Córdova tomar a bola, avançar, driblar o goleiro e mandar para o gol vazio e fechar o placar: 3 a 0 para o Augsburg. O Schalke continua em um drama.

O Schalke é só o oitavo colocado na tabela da Bundesliga, com 37 pontos e uma sequência recente horrorosa: nos últimos cinco jogos, são quatro derrotas e um empate. Vencer está difícil para o time de Gelsenkirchen. O Augsburg, por sua vez, se afastou da parte de baixo da tabela. Com 30 pontos, é o 12º colocado.

Standings provided by SofaScore LiveScore