A LDU conseguiu uma vitória sofrida contra o Libertad por 1 a 0 nesta quinta-feira, no jogo de ida das quartas de final da Sul-Americana, em Quito, e leva pequena vantagem para o Paraguai na próxima semana.

O único gol do jogo saiu aos 44 minutos do segundo tempo com Luis Bolaños, que atacava pela esquerda, tentou um cruzamento e encobriu o goleiro da equipe paraguaia, Fernando Medina. O placar de 1 a 0 na altitude equatoriana dá a vantagem à LDU de um empate ou de uma derrota, desde que com gols, para chegar à semifinal da competição sul-americana.

O placar apertado foi fruto da forte marcação armada pela equipe paraguaia, comandada pelo ex-atacante argentino Jorge Burruchaga. Tanto que no primeiro tempo, a única chance foi de Claudio Bieler, aos 34 minutos, quando Medina precisou intervir para evitar o gol.

O time da casa tentou adiantar a marcação no segundo tempo, pressionando mais à frente. Aos 18 minutos, Paul Ambrossi chutou, mas a bola passou à esquerda do gol. Aos 32, Miller Bolaños chutou no travessão, chegando perto de marcar.

Nos últimos minutos, com a pressão do time da casa, o gol acabou saindo em uma jogada fortuita, quando o jogo parecia encaminhado ao empate – um resultado que seria muito vantajoso para o Libertad. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima semana.