Foi no Aston Villa que Tammy Abraham conseguiu finalmente convencer o Chelsea a lhe dar uma oportunidade, com 25 gols na campanha que levou o clube de Birmingham de volta à Premier League. Por isso, nesta quarta-feira, recusou-se a comemorar o gol que marcou na vitória contra o seu ex-clube por 2 a 1, para a qual foi essencial também com uma assistência.

Quarto colocado da Premier League com alguma folga, o Chelsea havia perdido as últimas duas rodadas, contra Manchester City e West Ham. Oscilação normal a um time ainda novo, tanto em processo de formação quanto em idade. Mas era bom não vacilar e voltar a vencer o mais rápido possível, e os homens de Frank Lampard entenderam o recado.

A partida foi de domínio do Chelsea quase o tempo inteiro. Em alguns momentos, a fragilidade defensiva era bem explorada pelo Aston Villa, e Kepa teve que fazer um par de defesas, mas, no geral, o perigo constante foi azul em um Stamford Bridge que homenageou o retorno de John Terry, assistente técnico do Aston Villa.

Não demorou muito para a rede ser balançada. Logo aos 24 minutos, Reece James, uma das novidades do time misto de Lampard, cruzou para Abraham, que aproveitou a saída meio estabanada de Tom Heaton do gol para cabecear às redes. Pouco antes do intervalo, o Aston Villa conseguiu o empate em um lance bem bizarro.

Foi um dos gols mais feios dos quais se tem registro. El-Mohamady cruzou da direita, uma bola à meia altura, e Trezeguet conseguiu encontrá-la. Sua intenção era provavelmente cabecear para o chão, como manda o manual, e matar as possibilidades de defesa de Kepa. Mas errou tanto o movimento que testou em direção aos próprios pés e, involuntariamente, de fato matou as chances de Kepa porque quem imaginaria que o lance terminaria assim?

O Chelsea foi ainda mais avassalador no segundo tempo, quando deu 16 das suas 25 finalizações na partida, e fez um segundo gol muito bonito. Willian levantou da direita, Abraham matou no peito e ajeitou para Mount pegar de primeira: 2 a 0. O ponta brasileiro fez um bom jogo e ainda colocou uma bola na trave, em cobrança de falta.

Suficiente para vencer e manter uma vantagem relevante de seis pontos em relação ao sexto colocado, o Wolverhampton que derrotou o West Ham, sem problemas, nesta quarta-feira, por 2 a 0.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.