O futuro do Bury esta indefinido. Sob administração por sérios problemas financeiros, tinha até o fim da tarde desta terça-feira para ser comprado por novos donos, mas o negócio não foi finalizado e agora o clube de 134 anos está sob risco de ser expulso da Football League, entidade que organiza da segunda à quarta divisão do futebol inglês.

Em meio à incerteza, os cinco primeiros jogos do Bury, na League One, terceira divisão, foram adiados. O próximo, no sábado, contra o Doncaster Rovers, deveria acontecer, mas agora também pode ser suspenso. Por via das dúvidas, aproximadamente 300 voluntários compareceram ao Gigg Lane para deixar o estádio pronto para o confronto.

Em um primeiro momento, o Twitter oficial do Bury publicou o vídeo dos torcedores limpando cadeiras nas arquibancadas, com uma mensagem de agradecimento, e até retuitou um chamado para que mais pessoas ajudassem. Também divulgou a imagem de um restaurante que estacionou nos arredores do estádio e alimentou 400 pessoas de graça, segundo o clube.

.

Depois, em seu site oficial, emitiu uma nota alertando que ninguém poderia entrar no estádio, a não ser com autorização, e que qualquer dano ao patrimônio do clube seria relatado à polícia.