É irônico que um dos técnicos que mais venceu jogos de Campeonato Brasileiro nos últimos anos estivesse com tanta dificuldade de sair de campo com os três pontos. Marcelo Oliveira passou seus sete primeiros jogos pelo Atlético Mineiro em branco. Na reta final do campeonato passado, com o Palmeiras, venceu apenas duas das últimas 11 rodadas. Mas, na manhã deste sábado, voltou a ganhar. Em casa, o Galo superou a Ponte Preta por 3 a 0, sem muitos problemas.

LEIA MAIS: Por essas defesaças, dá para entender a presença de Prass na pré-lista olímpica

Mais importante que o resultado, foi a boa atuação do Atlético Mineiro, uma base a partir da qual construir daqui para frente. Mas nada como um pouco de sorte para se tranquilizar depois de sete jogos sem vencer. Leandro Donizete já havia finalizado de fora da área, para boa defesa de João Carlos. Aos 24 minutos, arriscou de longe mais uma vez e o goleirão da Ponte Preta levou um baita de um frango.

 

O volante, aliás, foi uma boa notícia para o Atlético Mineiro. Com Rafael Carioca no banco de reservas, ele também foi importante ofensivamente. Além do gol, deu assistência para o terceiro gol, de Carlos. O segundo tento foi marcado por Cazares, já de volta da seleção equatoriana, dominando e mandando no ângulo da entrada da área.