Com Felipão, Grêmio tem segundo melhor aproveitamento de pontos, atrás apenas do Cruzeiro

Desde a chegada do técnico, Grêmio tem resultados que o colocariam em segundo lugar no aproveitamento dos pontos e lidera o segundo turno

O Grêmio está cada vez mais forte na briga por uma vaga na Copa Libertadores da próxima temporada. Desde a chegada de Luiz Felipe Scolari, o time subiu de produção, ganhou força defensiva e nas últimas rodadas passou a fazer os gols que também pareciam estar faltando. Com 34 jogos disputados, o time é o terceiro colocado no Campeonato Brasileiro com 60 pontos, três atrás do São Paulo e três à frente do rival Internacional. Com Felipão, o aproveitamento de pontos é de 65,07%, melhor que o segundo colocado, São Paulo, que tem 61,8%, e só pior que o Cruzeiro, que tem 67,7%.

GRÊMIO: Por que o Grêmio nunca consegue lotar a sua Arena?
CORINTHIANS: Por que o Corinthians está com dificuldades para fechar a conta do estádio?
NOVOS ESTÁDIOS: O ciclo das novas arenas está terminando, e cinco perguntas que ainda estão no ar

Felipão completou 21 jogos no comando do time na vitória por 3 a 0 contra o Criciúma, no sábado à noite. É pouco mais de um turno. O técnico estreou contra o Internacional no dia 10 de agosto, pouco depois de deixar o comando da seleção brasileira após a derrota por 7 a 1 para a Alemanha. Perdeu na estreia por 2 a 0 no estádio Beira-Rio, mas desde então viu o seu time ganhar força e melhorar em vários aspectos.

Com Enderson Moreira, o Grêmio já era forte defensivamente. Foram oito gols sofridos nos primeiros 12 jogos, média de 0,67 gol sofrido por jogo. Com Felipão, a defesa ficou ainda melhor. Em 21 jogos, o time sofreu só nove gols, média de 0,43 por partida. Uma média menor que um gol a cada dois jogos. Dos 21 jogos, 14 deles o time não sofreu gols. Um evidente mérito do time. Não por acaso, é a melhor defesa do Brasileirão com só 19 gols sofridos em 34 jogos disputados. O Corinthians, segunda melhor defesa, sofreu 24 em 33 jogos.

Considerando só a tabela do segundo turno, o Grêmio é o líder com 29 pontos, seguido pelo São Paulo e Atlético Mineiro (que tem um jogo a menos) com 27 pontos. O Galo pode tomar essa posição do tricolor gaúcho caso vença neste domingo. De qualquer forma, o time parece cada vez mais forte na briga por uma vaga na Libertadores.

O Grêmio tem alguns protagonistas. Barcos é o artilheiro do time, com 14 gols, um a menos que o artilheiro do campeonato, Henrique, do Palmeiras, que tem 15. A disputa está aberta. Dudu também tem sido um destaque, como foi contra o Criciúma, com um gol e um passe para Ramiro marcar outro. Mas é preciso reconhecer o grande mérito de Felipão no trabalho. Ele deu uma consistência tática ao time, melhorou a parte defensiva e viu o time marcar sete gols nos últimos dois jogos. Marcar gols era um problema para o time. São 23 gols marcados até aqui em 21 jogos, mas sete deles nos últimos dois confrontos, contra Inter e Criciúma.

Felipão ficará marcado para sempre como o técnico da seleção brasileira que tomou 7 a 1 da Alemanha. Mas já pode dizer que conseguiu um grande trabalho no Grêmio no mesmo ano, colocando o time entre os melhores do Brasil, o que só anima o torcedor tricolor para 2015.